...



Ajude-nos a divulgar o site.






Sua opinião é importante!


    Pesquisa por livro | Reiniciar    ||  Início  ->  Índice Analítico e Dicionário Bíblico
A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - X - Z
Pesquisa exata ou aproximada
 

Nome de um dos filhos de Jacó, nascido de Bala, escrava de Raquel ( Gn 30,3-6;), antepassado da tribo dos danitas. A tribo ocupava inicialmente a região entre Saraá e Estaol ( Js 19,40-48; Jz 1,34; Jz 13,2;) a 25 km a oeste de Jerusalém. Mas teve de emigrar para o norte, perto das cabeceiras do rio Jordão ( Jz 18;). O santuário popular da tribo ( Jz 18,31;) acabou se tornando um santuário nacional, quando Jeroboão mandou instalar ali uma estátua idolátrica do bezerro de ouro ( 1Rs 12,28;). 
DA
hebraico, juiz, julgamento - Gn 46,23;
DA-JAJA
hebraico, juiz de bosque - 2Sm 24,6;
DABERATE
hebraico, terra de pastagem - Js 19,12;
DABIR
hebraico, um oráculo - Js 10,38;
DABRI
hebraico, promessa, eloqüente - Lv 24,11;
DADA
hebraico, inclinado - Gn 10,7;
DADORES DE TRABALHO
- obrigações para com os empregados: respeito e incolumidade: Eclo 7,20;
DADORES DE TRABALHO
- salário: Lv 19,13; Dt 24,14-15; Dt 25,4; Tb 2,11-14; Tb 4,14; Mt 20,8;justo: Eclo 34,22; 1Tm 5,18;pena: a vingança de Deus: Jr 22,13ss; Ml 3,5; Tg 5,4;
DADORES DE TRABALHO
- para os desocupados: Mt 20,1; Mt 20,3; Mt 20,6-7;ver 'Operário'.
DAFNE
grego, louro - 2Mc 4,33;
DAGOM
hebraico, peixe honrado - 1Sm 5,2;
DAHI
hebraico, promessa eloqüente - Lc 24,11;
DALAÍAS
hebraico, Jeová planejou - 1Cr 3,24;
DALETE
4ª letra do alfabeto hebraico - Sl 119,25;
DALFOM
hebraico, esforçado - Est 9,7;
DALILA
hebraico, delicada, fraca - Jz 16,4;
DALMACIA
grego, enganoso ou lâmpadas vãs - 2Tm 4,10;
DALMANUTA
hebraico, um balde, magreza - Mc 8,10;
DALMATIA
grego, enganoso - 1Tm 2,10;
DAMARIS
grego, esposa ou mulher pequena - At 17,34;
DAMASCO
Capital da Síria, destruída em 732 aC ( 2Rs 16,9;). Desde Davi, ao longo do período monárquico, esteve freqüentemente relacionada com Israel, sobretudo no tempo dos profetas Elias, Eliseu ( 1Rs 20; 1Rs 22; 2Rs 6; 2Rs 7; 2Rs 8;) e Isaías ( Is 7,1-9; Is 17,1-3;). Desde a época persa vivia ali uma numerosa população judaica. Damasco foi o palco da conversão de Paulo ( At 9,1-27; 2Cor 11,32ss; Gl 1,17;). 
DAMASCO
hebraico, cidade de Cão - Gn 14,15;
DAMIM
hebraico, fim do sangue (uvas) - 1Cr 11,13;
DANA
hebraico, terra baixa - Js 15,49;
DANABA
hebraico, ela pronunciou julgamento – Gn 36,32;
DANAÇÃO
- do anjo rebelde: Mt 25,41; Lc 10,18; 2Pd 2,4; Jd 6;e do ímpio, para tormentos sem salvação: Is 24,21-23; Mt 8,12; Mt 23,33; Lc 16,23; Lc 16,28;
DANAÇÃO
- ao fogo: Is 30,33; Is 66,24; Dn 7,11; Mt 5,29; Mt 13,50; Lc 16,24; Hb 10,27; Ap 19,20; Ap 20,9; Ap 20,15; Ap 21,8;
DANAÇÃO
- à privação de Deus: 2Ts 1,9;cf. Lc 13,27;
DANAÇÃO
- condenado: pela sua consciência: Sb 4,20; Sb 5,6-14; Is 66,24;
DANAÇÃO
- pelo justo: Sb 4,16; Sb 4,19; Sb 5,1-5;
DANAÇÃO
- pelo Senhor: 2Mc 6,26; Lc 13,27; Jo 3,36; 2Ts 1,8; 2Pd 2,9;
DANAÇÃO
- eternamente: Is 66,24; Mt 3,12; Mt 18,8; Mt 25,41; Mt 25,46; Mc 9,43-49; JT 7;
DANAÇÃO
- ver 'Inferno'.
DANÇAS
- religiosas: JT 21,19-21; 2Sm 6,14; Sl 148,3; Sl 149,4;
DANÇAS
- ímpias: Ex 32,6; Ex 32,19; Mt 14,6-10;
DANÇAS
- de júbilo triunfal: Ex 15,20; JT 11,34; 1Sm 18,6-7;
DANÇAS
- festivas: JT 3,7; Lc 15,25;
DANIEL
hebraico, Deus é meu juiz - 1Cr 3,1;
DANO
- nos bens alheios; é condenado: Eclo 5,1; Eclo 34,23; Is 33,1;
DANO
- obriga à reparação: Ex 21,33; Ex 22,4-5;
DARA
hebraico, pérola da sabedoria ou coração de sabedoria - 1Cr 2,6;
DARCOM
hebraico, espalhador - Esd 2,56;
DARDA
hebraico, pérola da sabedoria - 1Cr 2,6;
DARIO
persa, Dozenda dara, hebraico, dono, senhor, grego, o poderoso rico - Dn 5,31;
DATA
hebraico, de uma fonte, fim desejado ardentemente - Nm 16,1;
DAVI
hebraico, amado - l Sm 16,13;
DEBIR
hebraico, um oráculo - Js 10,3;
DEBLAIM
hebraico, bolos - Os 1,3;
DÉBORA
hebraico, abelha - Gn 35,8;
DECÁLOGO
Nome dado às 'dez palavras sagradas' escritas por ordem de Deus ( Ex 34,28;) em duas tábuas de pedra. Elas continham as obrigações básicas da aliança, de caráter sobretudo moral ( Ex 20,1-17; Dt 5,6-21;). 
DECÁPOLE
Território das dez cidades da Transjordânia de população quase exclusivamente pagã, anexadas por Janeu ao reino israelita, mas desde 63 aC tornadas independentes da província romana da Síria: Damasco, Filadélfia, Ráfana, Citópolis, Gádara, Hipos, Dion, Péla, Gérasa e Cânata. Durante a vida pública, Jesus várias vezes atravessou o território da Decápole ( Mc 5,20; Mc 7,31;). 
DECÁPOLIS
grego, dez cidades - Mt 4,25;
DECAR
hebraico, filho - 1Rs 4,9;
DECLA
palmeira - Gn 10,27;
DEDA
hebraico, inclinado - Gn 10,7;
DEFUNTOS
- o sepultamento deles é um dever sagrado: Gn 23,4ss; Gn 9,20; Tb 1,17-18; Eclo 38,16; Jo 19,40;eram sepultados em caixões entre os egípcios: Gn 50,26;envoltos em lençóis, entre os hebreus: 2Rs 13,21; Mt 27,59;nas paredes das rochas: 2Cr 26,23; Mt 27,60;ocasião de beneficência: Tb 4,17;
DEFUNTOS
- expressão de um culto: Gn 23,19; Gn 25,8-9; Gn 35,20; Gn 35,28; Gn 50,1ss; Gn 3,7; At 7,16; Ex 13,19; Dt 10,6; Dt 34,6; Jd 9; Js 24,32; At 2,29; Eclo 44,14; Mt 49,15; Mt 26,12; Mc 16,1;que condena a cremação: Gn 3,19; 1Cor 15,42;salvo graves motivos: 1Sm 31,12;
DEFUNTOS
- o luto por eles é um dever: 2Sm 1,11; 2Sm 3,32; 2Sm 19,1; 2Sm 21,10; Eclo 22,9; 1Mc 9,20; At 12,52; At 8,2; At 9,39;mas acompanhado de esperança cristã: 1Ts 4,13;
DEFUNTOS
- caritativo: 2Sm 10,2; Eclo 7,34; Eclo 38,17; Lc 7,13;To 11,33.
DEFUNTOS
- útil para o sábio: Ecl 7,2; Ecl 7,4;
DEFUNTOS
- hebraico: de uma semana: Gn 50,10; 1Sm 31,13; 1Cr 10,12; JT 16,24; Eclo 22,11;de 30 dias: Nm 20,29; Dt 34,8;de 70 dias para Jacó: Gn 50,3;com: lamentação pública: Gn 50,10; Eclo 38,16; Mt 9,23;jejum: 1Sm 31,13; 2Sm 1,12; 2Sm 3,35;cantos fúnebres.: 2Sm 3,33-34; 2Cr 35,25;outros sinais: Gn 37,29;excluídos e vedados: Lv 19,28; Dt 14,1;- com preceitos de purificação: Lv 21,1-11; Nm 6,6; Nm 19,11-19;
DEFUNTOS
- sufrágio por eles: 2Mc 12,42-45;
DEFUNTOS
- seus corpos ressuscitarão: ver 'Ressurreição'.
DEHI
hebraico, promessa eloquente - Lv 24,11;
DELAÍAS
hebraico, Jeová planejou - 1Cr 3,24;
DELEA
hebraico, campo de pepinos - Jz 15,38;
DELOS
grego, visível - 1Mc 15,22;
DEMAS
grego, uma abreviatura de Demétrio, popular - Cl 4,14;
DEMÉTRIO
grego, que pertence a deusa Demeter – At 19,24;
DEMÔNIO
Ao lado dos anjos bons, o judaísmo reconhece a existência de espíritos maus, ou anjos maus, que causam mal aos homens. Têm vários nomes, como o 'Tentador' ( Mt 4,3;), o 'Diabo' ( Mt 4,1; Mt 13,39; Jo 6,70; At 10,38; 2Tm 2,26; Ap 2,10;). Eles estão subordinados a Satanás, o grande adversário de Deus ( Mt 25,41; 2Cor 12,7; Ef 2,2; Ap 12,7;). 
DEMÔNIO
Jesus expulsa muitos demônios ou 'espíritos impuros', ainda que talvez se trate de doenças, então popularmente atribuídas aos demônios ( Mt 9,34; Mt 10,8; Mt 11,18; Mt 12,24;). 
DEMÔNIO
Os demônios são uma ameaça à vida religiosa dos fiéis ( 1Pd 5,8ss; 1Jo 4,1; 1Tm 4,1;). Mas o cristão, pela sua fé em Cristo, já venceu o diabo e os seus anjos ( Ef 4,27; Ef 6,11-18; Tg 4,7; Jd 6;). 
DEMÔNIO
O NT, portanto, concebe o mundo dominado por forças maléficas [demônios], cujo chefe é Satanás e que Cristo veio vencer. Frente ao Reino de Cristo e os seus santos está o Reino de Satanás e dos seus sequazes. ver 'Satã'. 
DEMÔNIOS
- espíritos maléficos: Tb 3,8;
DEMÔNIOS
- divindades pagãs: Dt 32,17;
DEMÔNIOS
- anjos rebeldes: 2Pd 2,4;punidos por Deus: Mt 24,41; Jd 6;
DEMÔNIOS
- inferiores aos anjos bons: Tb 8,3; Ap 12,7-10;
DEMÔNIOS
- dão testemunho de Cristo: Mt 8,29; Mc 5,7; Lc 4,34; Lc 4,41; At 19,15;cf. Tg 2,19;
DEMÔNIOS
- tentam os homens: Mt 13,19; Lc 11,24-26; 1Tm 4,1-2; Ap 16,13-14;com poder limitado: Tb 8,3; Mt 8,31-32; Mc 5,12-13; 1Cor 10,13;
DEMÔNIOS
- expulsos por Cristo: Mt 4,24; Mt 8,16; Mt 8,28-34; Mc 5,1-20; Lc 8,2; Lc 9,37-43; Lc 13,32;por sua ordem e no seu nome: Mt 10,8; Mc 3,14-15; Mc 9,38; Lc 16,17; Lc 9,1; At 10,17; At 16,16-18;
DEMÔNIOS
- atitude dos cristãos: Mt 6,12-13; Mt 7,21-23; Mc 9,29; 1Cor 7,5; 2Cor 12,7-9; Ef 6,10-12; Hb 2,18; 1Pd 5,8-9; 1Jo 2,12-17;
DEMÔNIOS
- cultuá-los é impiedade, Dt 32,17; Sl 105,37ss; Br 4,7; 1Cor 10,20;
DEMÔNIOS
- ver 'Idolatria', ver 'Superstição', ver 'Espíritos Maléficos', ver 'Sátiros'.
DENABA
hebraico, ela pronunciou julgamento – Gn 36,32;
DEPORTAÇÃO
É a remoção forçada de povos vencidos, de seus países para outros territórios, praticada pelos assírios e babilônios. A finalidade prática era enfraquecer o inimigo e, eventualmente, colonizar territórios próprios. As vítimas da deportação estão em desterro ou exílio. Israel foi submetido várias vezes a deportações. Os assírios puseram fim ao reino do Norte, deportando a população de Israel em 734 aC ( 2Rs 15,29; Tb 1,2;) e depois da queda de Samaria, em 722 aC ( 2Rs 17,6; 2Rs 18,11;). Em 597 e 587 aC os babilônios desterraram os habitantes de Judá para a Babilônia ( 2Rs 24,8-17; 2Rs 25,7-12; Ez 3,15;). 
DEPORTAÇÃO
A deportação, embora não resultasse em prisão, causava grandes sofrimentos. Os exilados eram arrancados de sua terra natal e de suas propriedades e tinham dificuldade em praticar sua religião. A situação dos exilados os colocava entre o escravo e o cidadão; podiam adquirir propriedades, exercer profissões, mas sem gozar dos direitos de cidadãos livres. 
DEPORTAÇÃO
Sob o ponto de vista religioso o exílio é considerado como punição pela idolatria e infidelidade a Deus, um tempo de purificação e expiação ( Ez 11,14-21; Ez 20,32-44;). Mas foi também um tempo de renovação da esperança, tornando-se um símbolo da conversão, ou volta a Deus (cf. Ez 33; Ez 34; Ez 35; Ez 36; Ez 37; Ez 38; Ez 39; Ez 40; Ez 41; Ez 42; Ez 43; Ez 44; Ez 45; Ez 46; Ez 47; Ez 48; Is 40; Is 41; Is 42; Is 43; Is 44; Is 45; Is 46; Is 47; Is 48; Is 49; Is 50; Is 51; Is 52; Is 53; Is 54; Is 55;). ver 'Cativeiro'. 
DEPRAVAÇÃO
- Gn 6,12; Ex 23,7; Ex 32,6; Sl 118,53; Sb 5,7ss; Is 5,11; Is 28,1; Is 28,7; Is 43,24; Is 56,12; Jr 7,28; Ez 16,52;Os 42; 2Mc 5,25-26; Lc 18,31-32; Lc 22,52-53; Jo 8,44; At 13,10; Rm 1,24ss; 2Cor 4,4;
DERBE
latim, um aguilhão - At 14,20;
DESCANSO
- ver 'Paz', ver 'Sábado'.
DESCIDA DE CRISTO AOS INFERNOS
ver 'Inferno', ver 'Abismo', ver 'Geena' e ver 'Xeol'. 
DESERTO
Os desertos na Palestina não são de areia, mas sim de montanhas calcárias, onde a vegetação não cresce mais por falta de chuva. O deserto da Judéia é uma estreita faixa situada entre a parte mais alta das montanhas e o vale do rio Jordão, e a depressão do mar Morto. O deserto do Negueb, ao sul de Judá, constitui o limite extremo-sul habitável da Terra Prometida. 
DESERTO
A experiência da aliança com Deus no deserto do Sinai deixou profunda marca na alma israelita ( Ex 19;). Ali Israel foi provado por Deus; sentiu fome e sede, mas Deus o alimentou com maná ( Ex 16;) e o dessedentou com água tirada do rochedo ( Ex 17,1-7;). Na solidão do deserto aprendeu a seguir a Deus com fidelidade ( Jr 2,2;). Por isso, o deserto na Bíblia é tanto símbolo da provação, como da renovação espiritual (Os 2,16ss; 1Rs 19,1-8; Ez 20,34-37;). 
DESERTO
João Batista preparou-se para sua missão e começou a pregar o batismo de conversão no deserto ( Mt 3,1-3; Mc 1,4; Lc 1,80;). Após o batismo no Jordão, Jesus retirou-se durante 40 dias para o deserto, onde foi tentado pelo demônio e preparou-se para pregar o Reino de Deus ( Mt 4,1;). ver 'Negueb' e ver 'Sinai'.
DESOBEDIÊNCIA
- a Deus: recusa de ouvi-lo: Jr 6,10; Rm 8,7;ouvindo: satanás: Gn 3,1-6;outras vozes: Gn 3,17;a si mesmos: Jr 7,24; Mt 15,19;
DESOBEDIÊNCIA
- é castigada: Gn 3,16-18; Gn 19,26; Lv 10,1-2; Lv 26,14ss; Nm 20,24; Dt 28,15ss; 1Sm 15,23; 2Cr 7,19-22; Is 24,5; Jr 26,4-6; Zc 7,11-13; Sl 80,9-14; Jo 12,40; At 3,23; Rm 2,8; 2Ts 1,8;
DETRAÇÃO
- lesão injusta da fama alheia, revelando coisas ocultas.
DETRAÇÃO
- proibida e reprovada: Sl 51,4; Sl 51,6; Sl 56,5; Eclo 19,7-16; Sb 1,11; 2Cor 12,20; Tg 4,11;pelo direito ao bom nome: Pr 22,1; Ecl 7,1; Eclo 41,13;não é tal, se for geral: Tt 1,12;
DETRAÇÃO
- prejudicial: Pr 26,22; Eclo 28,13;
DETRAÇÃO
- atitude e oração dos justos: Sl 140,3; Eclo 22,27;
DEUEL
hebraico, invocação de Deus - Nm 1,14;
DEUS
- é o que vive: Ex 3,14-15; Js 3,10; Jr 10,10; Jr 23,36; Ez 33,11;Os 2,1; Dn 6,21; Dn 14,5; Dn 14,24; Sl 89,2; Mt 16,16; Jo 5,26; Jo 6,57; At 14,15; 2Cor 6,16; 1Jo 5,20; Ap 4,9-10; Ap 10,6;
DEUS
- logo, Deus dos vivos: Nm 16,22; 1Sm 25,29; Jr 32,27; Mt 22,32; Lc 20,38;para os quais o conhecimento dele empenha todo o ser: Lv 11,44; Mt 5,48; Mt 6,24; Rm 121; Rm 4,3; Rm 4,18; 1Pd 2,13ss; 1Pd 3,5; Tg 2,19-20;ver 'Vida'.
DEUS
- sua existência provada: pela criação: Is 40,21-26; Jr 10,10-16; Sl 18,2-5; Sl 95,5; Sb 13,1-9; Rm 1,19-20;da qual é o Senhor: Am 4,13; Am 5,8; Is 48,13; Is 64,7; Br 3,35; Jó 38,7ss; Jó 13,35; Sl 146,4; JT 16,13-15;
DEUS
- pela profecia: Is 46,9-10; Is 48,3; Mc 14,62;e 14,61; porque o futuro está nas suas mãos, Dt 29,28; Is 41,1-5; Is 41,21-29; Is 43,9-13; Is 45,21; Is 48,16; 1Sm 28,6;e com a criação e o futuro, toda a história: Am 9,7; Is 26,11-12; Jr 18,6; Sl 32,11; Pr 20,24;
DEUS
- pelo milagre: Ex 3,3; Ex 3,12; Ex 3,20; Ex 3,6; Ex 3,14; Ex 42; Ex 4,1; Jo 9,1ss; Jo 8,58;que somente ele pode realizar: Sb 19,6;
DEUS
- contra os estultos: Sl 52,2; Jr 5,12;
DEUS
- sua essência: incognoscível aqui na terra: Ex 33,20-23; Jo 1,18; 1Jo 32; 1Cor 13,12; 2Cor 5,7; 1Tm 6,16;compreensível na Visão: Ex 33,18; Ex 33,20-23; Mt 5,8; Mt 18,11; 1Cor 13,12; Hb 12,14; 1Jo 32; Ap 22,4;ver 'Face'.
DEUS
- Único e universal: Dt 6,4; 2Sm 7,22; 1Rs 8,60; 2Rs 19,15; 2Rs 19,19; Is 43,10-13; Is 44,6; Is 44,8; Is 45,6; Is 48,11; Sl 85,10; Sl 95,5; Eclo 36,4; Sb 12,13; Mc 12,29; Mc 12,32; Jo 17,3; 1Cor 8,4; Gl 3,20; Ef 4,6; 1Tm 1,17;
DEUS
- Espírito: Dt 4,12; 1Rs 19,11-13; Is 31,3; Sl 138,7; Sb 1,7; Jo 4,24; 2Cor 3,17;
DEUS
- perfeito: Lv 11,44; Dt 32,4; Is 6,3; Mt 5,48; 1Pd 1,15-16; Ap 16,5;ver 'Justiça'.
DEUS
- bom: Ex 33,19; Ex 34,6; Sl 85,5; Sl 102,8; Sl 102,11; Sl 102,17; Sl 105,1-2; Sl 135,1; Sl 135,4; Mc 10,18; Tt 3,4;
DEUS
- infinito: Sl 144,3; Sl 146,5;
DEUS
- imenso: 1Rs 8,27; Sl 138,7-10; Jó 11,7; Sb 1,7; Mt 6,6; At 17,24; At 17,28; Ef 4,6;
DEUS
- imutável: Ml 3,6; Sl 101,27; Tg 1,17;
DEUS
- eterno: Gn 21,33; Dt 32,40; Is 41,4; Is 44,6; Br 4,10; Sl 44,7; Sl 89,2; Sl 89,4; Sl 101,25-28; Dn 6,26; Eclo 42,21; Jo 8,58; 1Tm 1,17; Hb 1,8; Ap 1,8;
DEUS
- conhece tudo: Gn 1,31; Gn 3,9; Gn 18,13-15; Gn 41,25; Ex 33,17; 1Cr 29,17; Sl 32,13-15; Sl 68,6; Sl 93,9; Sl 93,11; Sl 138,1-4; Sl 138,12; Sl 138,16; Eclo 42,18-20; Mt 6,8; Mt 6,18; Mt 10,30; Lc 24,36; Lc 16,15; Jo 10,14; Jo 10,27; Hb 4,13;
DEUS
- conhece a si mesmo: 1Cor 2,11;
DEUS
- conhece o Filho: Mt 11,27; Lc 10,22; Jo 10,15;e é conhecido pelo Filho: Mt 11,27; Lc 10,22; Jo 6,46; Jo 10,15; Jo 17,25;ver 'Trindade'.
DEUS
- portanto, Verdadeiro e Veraz; ver 'Verdade'.
DEUS
- o Vivente e o Onipotente: Gn 17,1; Ex 6,3; Nm 11,1; Mt 6,10; Mt 7,21; Lc 22,42;
DEUS
- Amor: Is 49,15; Jr 31,3; Sb 11,24; Jo 3,16; 1Jo 4,8; 1Jo 4,16;ver 'Trindade'.
DEUS
- do Deus que conhece e ama: a sua justiça: Is 56,1; Jr 12,1; Jr 23,6; Dt 10,17; Sl 102,6; Sb 11,24; Jo 17,25; Rm 3,25; Ap 16,7;a sua misericórdia: Jr 9,24; Sl 102,3ss; Sb 11,23; Mt 5,45; Lc 12,22-31; 2Cor 1,3;a sua providência: Sl 146; Jó 38,39-41; Sb 14,3; Sb 17,2; Mt 6,26-31;
DEUS
- a predestinação: Rm 8,29;como está escrito: Ex 32,32; Sl 68,29; Dn 12,1; Fl 4,3; Ap 21,27;
DEUS
- o Vivente e o Onipotente: Gn 17,1; Ex 6,3; Nm 11,23; 1Sm 14,6; Is 40,21-31; Jr 32,17; Zc 8; Sb 12,16-18; Mt 3,9; Mt 19,26; Mt 26,53; Lc 1,37; Ef 3,20; Ap 4,8; Ap 11,17; Ap 15,3; Ap 16,14; Ap 19,6; Ap 21,22;
DEUS
- sua vida é Bem-aventurança: 1Tm 6,15;participada às criaturas: ver 'Bem-aventurança', ver 'Alegria'.
DEUS
- é a realidade do seu ser divino: Ex 3,13-15; Sl 95,8; Is 42,8; Sb 14,21;a pessoa: Dt 12,5; 1Rs 8; 2Cr 6,20; 2Cr 20,9; 2Cr 33,4; Is 30,27; Sl 19,2; Sl 51,11; JT 9,8; Pr 18,10; Ml 1,11; Jo 17,6; Jo 17,11; Jo 17,26;dele que é o Nome: Lv 24,11; Lv 24,16; Dt 28,58; 2Sm 62; Jr 34,15-16; Jr 44,26;o Único: Zc 14,9;
DEUS
- incognoscível aqui na terra: JT 13,18; Pr 30,4;
DEUS
- indica os seus atributos: Is 52,6; Is 64,1; Jó 6,10; Sl 9,11; Sl 90,13; JT 9,7;
DEUS
- não deve ser profanado: Ex 20,7; Ex 23,13; Lv 22,23; Eclo 23,9-10; Zc 5,34; Mt 5,33;
DEUS
- deve ser glorificado: Gn 4,26; Gn 12,8; Sl 8,2; Sl 85,12; Sl 105,47; Sl 114,1; Sl 144,1ss; Sl 2,21; Is 42,8; Mt 6,9; Jo 12,28;
DEUS
- quem age em nome de Deus: Ex 23,21;faz a sua obra: Dt 18,5; Dt 18,7; Dt 21,5; 1Sm 17,45; 1Sm 20,42; 2Cr 14,10; Sl 19,8; Sl 32,21; Sl 53,3; Mq 123,8; Mq 4,5;ver 'Jesus'.
DEUS
- uso nos vários livros: Ex 3,13-15; Jó 6,10; Br 4,10; Mt 3,2;
DEUS
- em aramaico: Dn 7,9;
DEUS
- no grego dos LXX: 1Jo 1,5; 1Jo 4,8;
DEUS
- o nome divino como superlativos: Gn 10,9; Gn 35,5; 1Sm 11,7; 1Rs 3,28; 1Cr 12,23; Is 35,2; Sl 35,7;
DEUS
hebraico, Eloim, El, Jeová e outros - Gn 1,1;
Deus escolheu - 1Cr 3
6;
DEUTEROCANÔNICO
ver 'Canônico'. 
DEUTERONÔMIO
grego, repetição da lei;
DEVOÇÃO
- vontade pronta de honrar a Deus: JT 11,17; Jr 2,2; Sl 84,9;
DEVOÇÃO
- inimiga do formalismo: JT 16,15-16;
DEVOÇÃO
- ver 'Culto'.
DI-ZAABA
hebraico, abundante em ouro - Dt 1,1;
DIA
- ver 'Juízo'.
DIA
- dia do juízo: Is 2,12; At 2,20; 1Cor 1,8; 1Ts 5,2; Hb 10,25;
DIA
- uma só coisa com "dia do Juízo": Mt 10,15; Mt 12,36; 2Pd 2,9; 1Jo 4,17;e com "dia da Ira": Am 5,18; Sl 109,5; Ap 6,17;
DIA
- de Cristo é a última vinda: Lc 17,24; 2Ts 2,1-2;dia da sua glorificação: 2Ts 1,10;
DIA
- sabático: Gn 2,2-3; Ex 16,23; Ex 20,8-11; Ex 23,12; Ex 31,15-17; Lv 23,3; Is 56,2; Ez 20,12; NE 13,15-22; 2Mc 15,2;
DIA
- sinal da Aliança: Ex 31,12-17;
DIA
- guardado por Jesus: Lc 4,16; Lc 23,54-56;
DIA
- Cristo quebra as falsas interpretações do descanso: Mt 12,12; Mc 2,27; Mc 3,4; Lc 13,15-16; Jo 9,16;revela ser senhor do sábado: Mt 12,8; Mc 2,28;no qual manifesta a sua obra divina: Mt 12,9-15; Mc 62; Jo 5,16-17;que prepara para o Descanso de Deus: Sábado.
DIA
- para os Apóstolos é dia propício para a evangelização: At 13,5-44; At 16,13; At 17,1-2; At 18,4; At 18,19; At 18,26; At 19,8;mas substituído, no culto cristão, pelo domingo: At 20,7; 1Cor 16,2; Ap 1,10;
DIA
- festivo: da Páscoa: ver 'Páscoa'.
DIA
- de Pentecostes: ver 'Pentecostes'.
DIA
- dos Tabernáculos: Lv 23,33ss; Jo 7,2;
DIA
- da Expiação: Lv 23,33ss; Jo 7,2;
DIA
- da Dedicação: 1Mc 4,59; 2Mc 10,5-8; Jo 10,22;
DIA
- de Ano Bom: Lv 23,23-25;ou das trombetas: Nm 29,1; NE 8,9;
DIA
- de Purim: Est 9,22;
DIA
- filhos do Dia: 1Ts 5,5; 1Ts 5,8;
DIA DA EXPIAÇÃO
Ver as notas em ( Lv 16,1-34; At 27,9;) e ver ' Expiação', ver 'Bode Expiatório'.
DIA DO SENHOR
É o dia em que Deus vem para julgar. Este dia em geral é visto como um dia de punição para os pagãos, para os inimigos de Deus e de seu povo, e de salvação para Israel (cf. Is 13; Ez 7,1-27; Jl 4,9-14;). Mais tarde os profetas anunciaram o dia do Senhor como punição também para Israel, para quem a eleição divina não é uma garantia incondicional (cf. Am 3,1ss; Am 5,18;e nota). Segundo o NT este dia vai coincidir com o da vinda gloriosa de Cristo, para o qual se volta toda a esperança cristã ( 1Cor 1,8; 1Ts 5,2-4;). 
DIA DO SENHOR
No NT, o primeiro dia da semana, por ser o dia da Ressurreição do Senhor Jesus Cristo, foi chamado 'Dia do Senhor' ( Ap 1,10;). ver 'Parusia', ver 'Culto' e ver 'Sábado'. 
DIABO
- acusador, caluniador: Jó 1,9-10; Ap 12,9;ver 'Satanás', ver 'Serpente'.
DIABO
grego, caluniador - 1Pd 5,8;
DIÁCONO
O termo significa 'assistente', alguém que serve à mesa ( Jo 2,5; Jo 2,9;). Foram chamados 'diáconos' os cristãos escolhidos pelos apóstolos para servirem aos pobres da Igreja de Jerusalém ( At 6,1-7;). Mas estes diáconos logo começaram a dedicar-se também à pregação do Evangelho ( At 6,8ss; At 7,1-53; At 8,5-13;). Eles são os auxiliares dos 'epíscopos' (cf. At 20,28;e nota) na direção das jovens comunidades cristãs ( Fl 1,1; 1Tm 3,8-13;). ver 'Anciãos', ver 'Bispo' e ver 'Culto'. 
DIÁCONOS
- diáconos: At 6,5-6; Fl 1,1;
DIÁCONOS
- tarefas: assistência aos necessitados: At 6,24;pregação: At 8,5-6;administração do batismo: At 8,36-38;
DIÁCONOS
- idoneidade: 1Tm 3,8-13;
DIAMANTE
hebraico, galabom, grego, adamas, pedra preciosa indomável - Ex 28,18;
DIANA
latim, nome latino da deusa, luminosa, perfeita, deusa da caça - At 19,24;
DIÁSPORA
Ou 'dispersão', é o termo aplicado aos judeus espalhados pelo mundo pagão do Império Romano ( Jo 7,35;). Na era apostólica a população do Império Romano era de aproximadamente 55 milhões, dos quais 4,5 milhões ou 8% eram judeus da diáspora. 
DIBLA
hebraico, massa esférica, bolo - Ez 6,14;
DIBLAIM
hebraico, bolos, gêmeos ou abraço duplo - Os 1,3;
DIBLATAIM
hebraico, escondido no pé de figo – Nm 33,46;
DIBOM
hebraico, caminho devastado - Nm 21,30;
DIBOM-GADE
hebraico, caminho devastado de Gade - Nm 21,30;
DIBRI
hebraico, promessa, eloqüente - Lv 24,11;
DICLA
hebraico, palmeira - Gn 20,27;
DÍDIMO
grego, gêmeo - Jo 11,16;
DIFATE
hebraico, um terror - Gn 10,3;
DILA
hebraico, campo de pepinos, ou uma grande abóbora - Js 15,38;
DILEÃ
hebraico, campo de pepinos, ou uma grande abóbora - Js 15,38;
DILÚVIO
A narrativa de ( Gn 6,5-9; Gn 19;) descreve uma inundação catastrófica, chamada dilúvio, do qual salvaram-se apenas Noé, sua família e os animais que o acompanhavam na arca. Muitos povos antigos falam de extraordinárias inundações que em épocas muito remotas destruíram a terra. As narrativas mais próximas ao Gênese são as da Mesopotâmia. É possível que no fundo destas narrativas esteja a lembrança remota de inundações catastróficas mas de proporções limitadas (cf. Gn 7,19ss;e nota). 
DILÚVIO
- Gn 6; Gn 7; Gn 8; Gn 9;
DILÚVIO
- figura do triunfo de Cristo sobre o monstro marinho, símbolo do mal: Is 27,1; Jó 3,8; Jó 9,13; Jó 26,12; Sl 88,10-11;com a descida aos infernos, proclamação da vitória: 1Pd 3,19ss; 1Pd 20,22;de Cristo, prefigurado por Noé, como pregador de penitência: Gn 6,3; 2Pd 2,5; Mt 4,17;como consolação: Gn 5,29; Gn 8,21-22; Gn 9,8-17; 2Cor 5,18; Ef 2,14; Ap 21,4;como chefe do mundo renovado: Gn 9,1; Eclo 44,17; Sb 14,6; 2Cor 5,17; Ap 21,5;
DILÚVIO
- figura do batismo: 1Pd 3,21; Jo 3,5;
DILÚVIO
- figura do Juízo: Is 24,1; Is 24,18; Mt 24,37-39;que se consumirá no fogo: 2Pd 3,3-10;depois da dilação misericordiosa: Gn 6,3; Gn 7,4; 1Pd 3,20;para que todos se possam converter: 2Pd 3,9;não escaparão os ímpios: Is 28,14-18;submergidos por invasões diluvianas: Is 5,30; Jr 6,23; Ap 17,15;
DILÚVIO
- salvar-se-á o Resto fiel: Is 54,9-10; Sl 45,24; Eclo 44,17-18; 2Pd 2,5; 2Pd 2,9;
DIMNA
hebraico, monte de lixo - Nm 21,35;
DIMON
hebraico, monte de lixo - Is 15,9;
DIMONA
hebraico, descanso seguro - Js 15,22;
DINÁ
hebraico, julgado, ou julgamento - Gn 30,21;
DINABA
hebraico, pronunciou julgamento - Gn 36,32;
DIOMÉDES
grego, claro a divindade - 1Mc 4,45;
DIONÍSIO
grego, pertence a Baco - At 17,34;
DIÓSCORO
grego, filho de Júpiter - 1Mc 11,22;
DIÓSCUROS
grego, navio que Paulo viajou de Malta para Régio, filho de Zeus - At 28,11;
DIÓTREFES
grego, nutrido por Zeus, deuses da mitologia - 3Jo 9,11;
DIREITA
grego, destra, gazeta - At 9,11;
DISA
hebraico, pigarga, ave - Gn 36,21;
DISCIPLINA
- significado: Pr 4,13; Eclo 6,22;
DISCIPLINA
- necessária: Pr 5,12; Pr 22,15; Eclo 21,19; Eclo 21,21; Hb 12,7-8;ver 'Educação'.
DISCIPLINA
- imposta pelo temor de Deus: Pr 15,33;
DISCÍPULOS
- aderem ao ensino do mestre: Mt 23,2-3; Jo 9,28;com amor: Pr 23,26;obediência e docilidade: Pr 5,13; Pr 10,17; Pr 23,12;
DISCÍPULOS
- de Cristo: aderem à sua Pessoa: Mc 2,14; Mt 4,19-22; Mt 8,21-22;cf. Mt 7,29;
DISCÍPULOS
- cs apóstolos: Mt 10,1;os setenta e dois: Lc 10,1;todos os cristãos: At 6,1; At 9,1; At 9,25; At 21,16;
DISCÍPULOS
- por conseguinte: participam do destino dele: Mt 10,24-25; Mt 16,24; Lc 14,26ss; Lc 27,33;
DISCÓRDIA
Deve ser evitada ( Pr 6,19; 1Cor 3,3; 1Cor 6,7; 1Cor 11,16; Fl 2,3; 2Tm 2,14; Tg 4,1;). Tem conseqüências funestas ( Eclo 28,12; Mt 12,25; Mc 3,24ss; Gl 5,15; Tg 3,14-17;). 
DISCRIÇÃO
- na palavra Ecl 3,7; Eclo 19,7-17; Eclo 22,22; Eclo 27,16-21;
DISCRIÇÃO
- no tratamento com o subalterno e com o infeliz: Eclo 4,30; Eclo 32,1; Eclo 33,30; Ef 6,9;
DISCRIÇÃO
- com os superiores: Pr 19,10; Pr 30,22-23; Ecl 10,7;
DISOM
hebraico, antílope - 1Cr 1,38;
DIVÓRCIO
É a ruptura do laço matrimonial, permitida pela Lei de Moisés (cf. Dt 24,1-4;e nota). Nas tribos do Médio-Oriente era usual a poligamia ( Jz 8,30; 2Sm 3,7; 2Sm 16,21; 1Rs 11,1-8; Gn 4,19;). Mas o progresso da fé num Deus único orientará os costumes para a fidelidade a uma só mulher, como sinal da fidelidade a um só Deus ( Esd 9,1ss; Esd 10,3; Ml 2,10-11; Tb 8,1ss; Ecl 9,1-9; Eclo 26,1-18;). 
DIVÓRCIO
- tolerado pela lei hebraica: Dt 24,14;cf. 21,15.
DIVÓRCIO
A própria criação postula a monogamia ( Gn 2,18-24; Gn 1,26-31;). A este ideal se refere Jesus ( Mc 10,2-9; Mt 19,3-9; 1Cor 7,10-11; Lc 16,18;) ao proibir o divórcio ( Mt 5,31ss;cf. Rm 7,2ss; 1Cor 7,10ss;) e proclamar a indissolubilidade do Matrimônio, sacramento de união entre Cristo e a Igreja ( Ef 5,22-23;). 
DIVÓRCIO
- reprovado por Cristo: Mt 5,31-32;ver 'Matrimônio'.
DÍZIMO
Era a contribuição obrigatória, entregue ao santuário para sustentar os sacerdotes e levitas ( Nm 18,21-32;), os pobres, os órfãos e as viúvas (cf. Dt 14,22-29; Tb 1,7ss;e notas). A contribuição referia-se à décima parte dos cereais, do vinho e do azeite. Os fariseus pagavam, porém, o dízimo até dos produtos mais insignificantes, como as hortaliças ( Mt 23,23;). ver 'Esmola'. 
DÍZIMOS
- oferecidos a Deus: Gn 28,22; Lv 27,30; Lv 27,32; Nm 18,28; Nm 18,32;
DÍZIMOS
- ao santuário: Dt 12,6;
DÍZIMOS
- aos sacerdotes e aos levitas: Gn 14,20; Hb 7,2; Nm 18,21-24; Dt 14,22; 2Cr 31,4ss; Tb 1,7; NE 10,38;
DÍZIMOS
- ao rei: 1Sm 8,15; 1Sm 8,17;
DÍZIMOS
- das coisas sagradas: Lv 21,22; Lv 22,2-3; 2Cr 31,6;
DÍZIMOS
- o dízimo do dízimo: Nm 18,26-28; NE 10,39; NE 12,47;
DÍZIMOS
- segundo dízimo: Dt 14,23; Tb 1,7;
DÍZIMOS
- trienal: Dt 14,28; Dt 26,12; Tb 1,8;
DÍZIMOS
- é vã a observância apenas exterior: Mt 23,23; Lc 18,12;
DOC
hebraico, vigia - 1Mc 16,15;
DOCUS
hebraico, vigia - 1Mc 16,15;
DODA
hebraico, amado do Senhor - 2Cr 20,37;
DODAI
hebraico, amado do Senhor - 1Cr 27,4;
DODANIM
hebraico, chefes - Gn 10,4;
DODAVA
hebraico, amor de Jeová, ou amado por Jeová - 2Cr 20,37;
DODAVAU
hebraico, amado do Senhor - 2Cr 20,37;
DODO
hebraico, amante - Jz 10,1;
DOEGUE
hebraico, tímido, medroso - 1Sm 21,7;
DOFCA
hebraico, guiando rebanho - Nm 33,12;
DOGUE
hebraico, vigia - 1Mc 16,15;
DOMINAÇÕES
Personificação de poderes supraterrestres, relacionados com Satã, príncipe deste mundo ( Rm 8,38; 1Cor 15,24; Ef 1,21;), mas que não são os anjos maus. O cristão não deve temê-los pois são criaturas de Deus ( Cl 1,16;), mesmo que possam hostilizá-lo ( Ef 6,12;), porque Cristo os subjugou ( Cl 2,10-15; 1Pd 3,22;). ver 'Principados', ver 'Potestades', ver 'Satã'. 
DOMINGO
ver 'Sábado'. 
DONIM
hebraico, fim de sangue (uva) - 1Cr 11,13;
DOR
hebraico, habitação - Js 11,2;
DORA
grego, dádiva - 1Mc 15,11;
DORCAS
grego, gazela, aramaico, Talita - At 9,36;
DORDA
hebraico, pérola da sabedoria - 1Cr 2,6; 1Rs 4,31;
DORGUE
hebraico, tímido - 1Sm 21,7;
DOTA
hebraico, dois poços - Gn 37,17;
DOTAIM
hebraico, dois poços - Gn 37,17;
DOUTOR DA LEI
Ou escriba, é o homem entendido nas coisas da Lei ( Lc 5,17; Mt 23,3;). Eles recebiam o título honorífico de rabi ( Mt 23,7ss;) e ensinavam a Lei ao povo ( Lc 2,46; Rm 2,20;). Seu trabalho de instrução é elogiado em ( Eclo 39,1-11;) mas Jesus os criticou por seu casuísmo teológico-jurídico e sua conduta hipócrita. O cristão que tem o dom de ensinar é também chamado doutor ( At 13,1; 1Cor 12,28ss;). 
DOZE
Na Bíblia, 'doze'é o número sagrado da 'eleição': Os doze patriarcas, pais das doze tribos ( Gn 35,22-26; Gn 42,13; Gn 42,32; Gn 49,28; At 7,8; Js 24,1ss;). 
DOZE
Cristo elege doze apóstolos ( Mc 3,13-19; Jo 6,70;); que recebem uma especial instrução e seguem o Mestre ( Lc 8,1ss; Lc 9,12; Lc 18,31-34; Mc 4,10-11; Mc 14,17ss; Lc 9,2; Lc 9,5; Mc 6,7;). Constituem o fundamento da Igreja ( Ef 2,20; Ap 21,14; Ap 7,4-12; Mt 19,28; Lc 22,30;). Cristo come com eles a Ceia Pascal ( Jo 13,1-20; Mt 26,20-29;); ora por eles ao Pai ( Jo 17,17;); é a eles que as mulheres anunciam o encontro do túmulo vazio ( Lc 24,9-10; Lc 24,45-49; Jo 20,19-23; Mt 28,18-20;). ver 'Apóstolos'.
DRAGÃO
- de certo modo, personificação do mar: Jó 7,12; Sl 88,10-11;
DRAGÃO
- personificação do Egito, inimigo do povo de Deus: Is 27,1; Sl 73,13; Ez 29,3; Ez 32,2;
DRAGÃO
- vencido por Deus: Is 51,9;
DRAGÃO
- é satanás: Ap 12,3ss; Ap 13,2; Ap 13,4; Ap 16,13; Ap 20,2;ver 'Satanás', ver 'Serpente'.
DRAGÃO
grego, enganador - Ap 12,3;
DRUSILA
hebraico, regada pelo orvalho - At 24,24;
DUDIA
hebraico, amado do Senhor - 1Cr 27,4;
DUMA
hebraico, silêncio - Gn 25,14;
DURA
hebraico, círculo - Dn 3,1;