...



Ajude-nos a divulgar o site.






Sua opinião é importante!


    Pesquisa por livro | Reiniciar    ||  Início  ->  Índice Analítico e Dicionário Bíblico
A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - X - Z
Pesquisa exata ou aproximada
 
GAA
hebraico, flamífero - Gn 22,24;
GAAL
hebraico, aversão - Jz 9,26;
GAAR
hebraico, lugar de esconder - Esd 2,47;
GAAS
hebraico, terremoto - Js 24,30;
GABA ou GABAA
hebraico, outeiro - Js 18,24;
GABAEL
hebraico, enviado de Deus - Tb 1,17;
GABAI
hebraico, um fiscal de tributos - NE 11,8;
GÁBATA
hebraico, pavimento - Jo 19,13;
GABEA
hebraico, outeiro - Js 18,24;
GABEL
hebraico, Deus das alturas - Tb 4,21;
GABRIEL
hebraico, homem de Deus ou embaixador - Dn 8,16;
GADARA
hebraico, capital da Peréia, cercado – Mt 8,28;
GADE
hebraico, boa fortuna - Gn 30,11;
GADER
hebraico, tapume, muro - Js 12,13;
GADI
hebraico, afortunado - Nm 13,11;
GADIEL
hebraico, Deus é minha fortuna ou Deus afortunou Nm 13,10;
GADIS
hebraico, afortunado - 1Mc 2,4;
GAER
hebraico, esconderijo - Esd 2,47;
GAETA
hebraico, doentio - Gn 36,11;
GAIO
grego, alegre, hebraico, terreno, proprietário – At 19,30;
GALAAD
Originariamente era o nome de uma montanha ao sul do rio Jaboc, na Transjordânia ( Gn 31,47ss;). Depois passou a indicar a região ao norte e ao sul do Jaboc, inclusive a de Mádaba (cf. Nm 32,1;). Outras vezes pode ser o nome do filho de Maquir ou até de uma tribo (cf. Jz 11,1;). 
GALAADE
hebraico, fonte perpétua - Gn 37,25;
GALAADI
hebraico, removido pelo Senhor - NE 12,36;
GALÁCIA
Região do planalto central da Ásia Menor, onde se fixaram os celtas, que ali chegaram no séc. III aC. Paulo visitou esta região durante sua segunda viagem missionária ( At 16,6;). Mais tarde escreveu uma epístola à nova comunidade cristã dos gálatas. Ver a Introdução da epístola aos Gálatas. 
GALÁCIA
branco lácteo ou áspero - At 16,6;
GALAL
latim, que rola - 1Cr 9,15;
GALALI
hebraico, removido pelo Senhor - NE 12,36;
GÁLATAS
pessoas moradoras na Galácia, Epístola do apóstolo Paulo;
GALEADE
hebraico, monte de testemunho - Gn 31,47;
GALEEDE
hebraico, monte de testemunho - Gn 31,47;
GÁLGALA
hebraico, removendo - Dt 11,30;
GALIÃO
latim, que vive de leite - At 18,12;
GALILÉIA
Região norte da Palestina, que formava junto com a Peréia o território administrado por Herodes (4 aC a 37 dC). A população era formada sobretudo de judeus. Mas pela sua mistura com pagãos e dialeto próprio ( Mt 26,73;) os galileus eram desprezados pelos judeus como ignorantes e violadores da Lei ( Jo 7,41; Mc 14,70;). Cidades da Galiléia, como Nazaré, Caná, Cafarnaum, Betsaida e Tiberíades, além do lago da Galiléia, são o cenário mais familiar da vida pública de Jesus. 
GALILÉIA
hebraico, círculo - 1Rs 9,11;
GALIM
hebraico, montões ou dois poços - Is 15,8;
GÁLIO
latim, que vive de leite - At 18,12;
GAMADITAS
hebraico, valentes - Ez 27,11;
GAMALIEL
Famoso escriba e fariseu, neto de Hillel, que foi mestre de Paulo ( At 22,3;). Como membro do Sinédrio conseguiu a liberdade dos apóstolos presos ( At 5,34-39;). 
GAMALIEL
grego, recompensa de Deus - Nm 1,10;
GAMARIAS
hebraico, aperfeiçoado pelo Senhor – Jr 36,10;
GAMUL
hebraico, recompensado - 1Cr 24,17;
GANZO
hebraico, abundante em sicômoro - 2Cr 28,18;
GAREBE
hebraico, áspero - 1Cr 11,40;
GARMITA
hebraico, que pertence a Gerem - 1Cr 4,19;
GASA
hebraico, forte - Js 13,3;
GASMU
hebraico, chuva - NE 2,19;
GATA
hebraico, doentio ou vale queimado - Gn 36,11;
GATAM
hebraico, vale queimado - Gn 36,11;
GATE
lagar ou vale queimado - 1Sm 17,52;
GATE-HEFER
hebraico, lagar da cova ou poço – Js 19,13;
GATE-RIMON
hebraico, lagar das romãs - Js 19,45;
GATRIMOM
hebraico, lagar da romã - Js 21,24;
GAVER
hebraico, a cria de uma fera - 2Rs 9,27;
GAZA
hebraico, forte - Js 13,3;
GAZÃO
hebraico, devorador - Esd 2,48;
GAZER
hebraico, tosquiador - 2Sm 5,25;
GAZOR
hebraico, princípio, lugar talhado - Js 10,33;
GEAZI
hebraico, vale da visão - 2Rs 4,12;
GEBA
hebraico, outeiro - Js 18,24;
GEBAI
hebraico, um fiscal de tributo - NE 11,8;
GEBAL
hebraico, montanha ou confim - Ez 27,9;
GEBE
hebraico, outeiro - Js 18,24;
GEBEA
hebraico, outeiro - Js 18,24;
GEBER
hebraico, herói - 1Rs 4,19;
GEBIM
hebraico, cisterna, gafanhoto - Is 10,31;
GEDALIS
hebraico, Deus é grande - 2Rs 25,22;
GEDER
hebraico, muro - Js 12,13;
GEDERA
hebraico, muro, aprisco - Js 15,36;
GEDEROTAIM
hebraico, dois apriscos - Js 15,36;
GEDEROTE
hebraico, aprisco - Js 15,41;
GEDIEL
hebraico, tropa de Deus - Nm 13,10;
GEDOR
hebraico, muro, fortaleza - 1Cr 8,31;
GEENA
Forma grega do nome geográfico hebraico 'vale do Enom', lugar situado aos pés de Jerusalém, onde se sacrificavam crianças em homenagem a Moloc ( 2Rs 16,3; 2Rs 21,6; Jr 32,35;). Como punição pela idolatria, Jeremias anunciou que o vale seria um lugar amaldiçoado ( Jr 7,30ss; Jr 8,1-3;). O vale tornou-se um símbolo da punição escatológica ( Is 66,22-24;). Mais tarde tornou-se depósito de lixo de Jerusalém. No NT a geena é o símbolo da condenação eterna dos pecadores ( Mt 5,29; Mc 9,43;). ver 'Inferno'. 
GEENA
- vale: Js 15,8; Js 18,16;de sacrifícios infames: 2Rs 23,10; Jr 7,31; Jr 19,2-6;e dos justiçados: Mt 5,22;
GEENA
- lugar de fogo vingador: Is 30,33;
GEENA
- sinônimo de fogo e lugar infernal: Mt 5,22; Mt 5,29-30; Mt 10,28; Mt 23,15; Mc 9,43;
GEHENNA
hebraico, inferno - 2Cr 28,3;
GELEADE
hebraico, fonte perpétua - Jz 11,1;
GELILOTE
hebraico, círculos, regiões - Js 18,17;
GEMALI
hebraico, que possui, ou monta camelo – Nm 13,12;
GEMARIAS
hebraico, Jeová completou - Jr 29,3;
GEMARIS
hebraico, Jeová completou, ou aperfeiçoou - Jr 29,3;
GENEROSIDADE
- liberalidade: Pr 22,9; Eclo 35,7-9; 2Cor 9,7;ver 'Esmola', ver 'Riqueza'.
GENESARÉ
hebraico, jardim de Hazor - Mt 14,34;
GÊNESIS
grego, origem ou começo;
GENLA
hebraico, ele cumprirá, ou Deus enche - 1Rs 22,8;
GENTIO
Termo judaico e cristão para indicar aqueles que professam religiões não-monoteístas, isto é, pagãos. A qualificação 'gentio' distingue o 'povo eleito' dos demais povos. 
GENTIO
Esta separação dos judeus, que se consideram eleitos, dos demais povos constituiu um problema sério para a admissão dos pagãos na Igreja. Muitos queriam que eles se submetessem à Lei mosaica ( At 15,1ss; At 10,1ss; At 21,17-21;). Paulo, que se gloria de ter sido chamado por Deus para pregar o Evangelho diretamente aos pagãos, reflete longamente sobre a eleição dos gentios ( Gl 1,15-16; Rm 9,24-26; Rm 10,19-21; Rm 15,7-13; 1Cor 1,26-31;); por isso é chamado 'apóstolo dos gentios' [pagãos]. 
GENTIO
Certos textos dos evangelhos refletem os problemas entre os cristãos de origem judia e os de origem pagã ( Mt 1,1-16; Mt 8,5-13; Mt 11,20-24; Mt 21,28-43; Mt 2,1-12;). 
GENUBATE
hebraico, ladrão - 1Rs 11,20;
GEOM
hebraico, corrente - Si 24,37;
GERA
hebraico, cereal ou grão - Gn 46,21;
GERAR
hebraico, cântaro - Gn 10,19;
GERASA
hebraico, cercado - Mt 8,28;
GERIZIM
hebraico, terra estéril - Jz 9,7;
GERSON
hebraico, banimento, peregrino - Ex 2,21;
GERUTE-QUIMA
hebraico, alojamento de Quima – Jr 41,17;
GESA
hebraico, um torrão de terra, lugar talhado – 1Cr 2,47;
GESEM
hebraico, chuva - NE 2,19;
GESER
hebraico, lugar talhado - Js 10,33;
GESUR
hebraico, ponte - Sm 13,37;
GETAIM
hebraico, dois lugares - 2Sm 4,3;
GETER
hebraico, medo - Gn 10,23;
GETH
hebraico, medo - 2Sm 15,18;
GETITE
hebraico, habitante de Geth ou dois lugares - 2Sm 15,19;
GETSÊMANI
grego, lugar de azeite - Mt 26,36;
GEUEL
hebraico, majestade de Deus - Nm 13,15;
GEZER
hebraico, lugar separado - Js 16,33;
GIA
hebraico, fonte - 2Sm 2,24;
GIBAR
hebraico, valente ou herói - Esd 2,20;
GIBEA
hebraico, monte - Js 15,57;
GIBEA-ELOIM
hebraico, monte de Deus - 1Cr 2,49;
GIBEÃO
que pertence a um monte - Js 18,25;
GIBEATE
hebraico, altura - Js 18,28;
GIBEATE-ARALOTE
hebraico, colunas dos prepúcios - Js 5,3;
GIBEOM
que pertence a um monte - Js 18,25;
GIBETOM
hebraico, altura - Js 19,44;
GIBLEUS
hebraico, povo da cidade de Gebal ou povo da montanha - Js 13,5;
GIDALTI
hebraico, eu engrandeci - 1Cr 25,4;
GIDEÃO
hebraico, cortador - Jz 6,11;
GIDEL
hebraico, Ele engrandeceu - Esd 2,47;
GIDEONI
hebraico, cortado - Nm 1,11;
GIDOM
hebraico, cortador - Jz 20,45;
GILALAI
hebraico, pesado, removido do Senhor – NE 12,36;
GILBOA
hebraico, fonte rumorosa ou nascente da fonte - 1Sm 28,4;
GILEADE
hebraico, escabroso, áspero - Nm 26,29;
GILGAL
hebraico, círculo - Js 4,19;
GILIOTE
hebraico, círculos - Js 18,12;
GILÓ
hebraico, exílio - Js 15,51;
GIMEL
hebraico, 3ª letra do alfabeto hebraico, camelo - Sl 119,17;
GINATE
hebraico, jardim - 1Rs 16,22;
GINETE
hebraico, semelhança, proteção - 1Rs 16,21;
GINETON
hebraico, jardineiro - NE 10,6;
GINZO
hebraico, abundante em sicômoros - 2Cr 28,18;
GIOM
hebraico, rio corrente - Gn 2,13;
GION
Fonte aos pés da colina sobre a qual estava construída Jerusalém, no vale do Cedron, hoje chamada pelos cristãos 'fonte de Maria'. A fonte já dispunha no tempo dos jebuseus de um sistema de captação, permitindo que por meio de um túnel e um poço a água fosse captada sem precisar sair das muralhas. O rei Ezequias mandou construir um túnel de 550 m sob a colina de Ofel ( Is 22,9-11; 2Rs 20,20;) a fim de conduzir a água da fonte para o interior das muralhas, até a parte baixa da cidade, onde construiu a 'piscina de Siloé'. Na descrição de Ezequiel a fonte que nasce aos pés do futuro templo torna-se o símbolo da renovação escatológica de Israel ( Ez 47,1-12; Zc 14,8;). 
GIRGASEUS
hebraico, que ocupa terreno argiloso - Gn 10,16;
GISPA
hebraico, carícia - NE 11,21;
GITAIM
hebraico, dois lugares - 2Sm 4,3;
GIZONITA
hebraico, lavrador de pedra - 1Cr 11,34;
GLÓRIA
Em hebraico [kabod], o termo significa aquilo que dá peso, torna importante e confere estima, como a riqueza, o esplendor e o poder. Muitas vezes significa a manifestação radiante da grandeza divina ( Ex 24,15ss; Ex 29,43; Ez 1,28; Ez 9,3;). A glória de Deus enche o tabernáculo ou o templo ( Ex 40,35; 1Rs 8,11;), manifesta seu poder e sua santidade nas obras da criação ( Sl 19,2;), nos prodígios em favor de seu povo ( Nm 14,22; Is 40,5;). Jesus possuía esta glória ( Jo 1,14;), que se manifesta nos milagres, no monte Tabor ( Mt 17,2-8; 2Cor 3,7ss; Jo 2,11;) e na paixão ( Jo 17,1; Jo 12,23; Jo 13,31-32;). O cristão, pela esperança ( Fl 3,21;), dela participa já neste mundo. 
GLÓRIA
- do Senhor. Manifestação dos seus atributos: Ex 16,7; Ex 16,10-12;e da sua majestade: Ex 40,34;
GLÓRIA
- concebida como fogo resplandecente: Lv 9,23-24; Sb 9,11; Ap 15,8;acompanhada pela nuvem de fumaça: Ex 19,18;
GLÓRIA
- manifestada no Sinai: Ex 24,16-17;no Tabernáculo: Ex 40,34-38;sobre a arca: Ex 25,22;no templo: 1Rs 8,10-11; 2Cr 5,13-14; Ez 3,12;a Estêvão: At 7,55;
GLÓRIA
- a majestade do rosto de Deus não pode sei vista aqui na terra: Ex 33,22;refletida em Moisés: Ex 34,29;
GLÓRIA
- de Israel é o Senhor: 1Sm 15,29;
GLÓRIA
- manifestada perfeitamente em Cristo: Jo 1,14;que tem direito à glória do Pai: Mt 26,64; Mc 14,62; Lc 22,69; Hb 1,3; Hb 8,1;e que é o Senhor da glória: 1Cor 2,8; Jo 2,11; Jo 12,41;como o Pai: At 7,2; Ef 1,17;
GLÓRIA
- objeto da nossa esperança: Rm 3,23; Rm 5,2; Cl 1,27; Tt 2,13;participada a nós: Jo 17,22; Jo 17,24; Rm 8,17; 1Cor 2,7; Ef 1,14; Ef 1,18; Ef 2,6; 2Ts 2,13;gratuitamente: 2Cor 4,3-6; Ef 3,16; Cl 1,11;em comparação com eia nada são os sofrimentos: Rm 8,18;
GLÓRIA
- tornar-se-á definitiva para a Igreja: Ap 21,10-11;para os santos: Mt 13,43; Rm 8,30; 1Cor 13,12; 2Cor 3,7-18; Cl 3,4;refletindo-se no corpo: Fl 3,21;e no cosmo: Rm 8,19-22;
GLÓRIA
- do Pai ao Filho: Jo 17,5; Jo 17,10; Lc 9,32;
GLÓRIA
- nossa a Deus: 1Cor 10,31; 2Cor 4,15;fim supremo: Is 6,3; Is 42,8; Is 43,7; Is 48,11; Mt 6,9; Jo 12,28-29; Rm 6,4; Rm 9,23; Fl 1,20; Cl 3,17; Tt 2,10;desprezando a glória humana: Jo 12,43; 1Cor 3,21;
GLOSA
Diz-se de um texto, em geral de poucas palavras, que não pertence à obra original do autor mas foi acrescentado por outros [glosadores]. A finalidade de uma glosa é explicar o texto existente. Inicialmente as glosas eram escritas à margem do texto. Mais tarde os copistas as introduziram no próprio texto. As modernas edições críticas dos textos originais, que são a base para as traduções vernáculas modernas, procuram eliminar tais glosas. 
GOA
hebraico, mugido - Jr 31,39;
GOATA
hebraico, mugido - Jr 31,39;
GOBE
hebraico, cisterna ou pequeno abismo - 2Sm 21,18;
GODALIAS
hebraico, engrandecido pelo Senhor - 1Cr 25,3;
GOGUE
hebraico, telhado alto, extensão - 1Cr 5,4;
GOLA
hebraico, exílio ou círculo - Dt 4,43;
GÓLGOTA
O termo aramaico significa 'lugar do crânio' ou da caveira [em latim Calvaria, donde 'Calvário']; é o lugar onde Jesus foi crucificado ( Mt 27,33; Jo 19,17;). Era uma pequena colina, fora dos muros de Jerusalém, onde os condenados eram executados. 
GÓLGOTA
grego, caveira - Mt 27,33;
GOLIAS
hebraico, exílio, passagem - 1Sm 21,9;
GOMER
hebraico, completo ou perfeição - Gn 10,2;
GOMORRA
Cidade ao sul do mar Morto, destruída por Deus por causa da perversidade de seus habitantes ( Gn 19;). Sua ruína, hoje encoberta pelas águas do mar Morto, é o símbolo do juízo implacável de Deus ( Is 1,9;). 
GOMORRA
hebraico, acúmulo ou povo medroso – Gn 10,19;
GORÉM
hebraico, espinheiro - Gn 50,10;
GORGIAS
grego, campestre - 1Mc 3,38;
GOSÉM
hebraico, talhado, malhado - Gn 46,34;
GOTONIEL
hebraico, vinhateiro - Jt 6,11;
GOVERNADOR
Título dado no NT aos mais altos magistrados nos territórios ocupados pelos romanos. São chamados também 'procuradores' e administravam, em nome do imperador, territórios que apresentavam dificuldades especiais. A Judéia foi administrada por tais governadores do ano 6 a 36 dC e de 44 a 66 dC; os mais conhecidos são Pôncio Pilatos, Félix e Festo. 
GOVERNO DE DEUS
- Deus age segundo um fim: Is 46,9-11; Pr 16,4;que é mistério: Sb 9,13; Eclo 39,16-17; Rm 11,33-35;
GOVERNO DE DEUS
- universal e perene: Sl 103,23-30; Sl 114,3; Sl 144,15-16; At 14,16-17;
GOVERNO DE DEUS
- absoluto e necessário: Sb 11,24-25; At 17,25-28;
GOVERNO DE DEUS
- eficaz: Pr 16,9; Pr 21,1; Is 26,12; Jr 18,6; Sl 43,3-9; Sl 134,6; Fl 2,13;
GOVERNO DE DEUS
- não lesivo à liberdade: Dt 30,15-19; Eclo 15,14-17;
GOVERNO DE DEUS
- benéfico para os bons: Sl 22; Sl 36,7-11; Sl 36,22-24;também na provação: Sl 65,10-12; Jó 5,17-27; Jó 42,2-6;
GOVERNO DE DEUS
- terrível para os maus: Sl 36,1-2; Sl 36,10-17; Sl 36,35-36; Mt 25,41;
GOVERNO DE DEUS
- obstaculado pelas forças do mal: ver 'Satanás', 'Pecado'.
GOVERNO DE DEUS
- governo de Deus e história após o pecado: Gn 3,15-19; Gn 6,5-8; Gn 8,21; Gn 9,9-11; Gn 12,1-3; Js 50,20; Js 13,1ss; 2Sm 5,1ss; Is 11; Is 41,2-5; Is 45,2-13; Dn 49,6; Dn 7,13; Dn 7,14; Dn 7,27;
GOVERNO DE DEUS
- paterno no Novo Testamento: Mt 6,25-32; Mt 10,29-31;do qual o governo do Antigo Testamento era preparação: Gl 3,19-29;
GOVERNO DE DEUS
- revelado em Cristo: Ef 1,9-10;que lhe atua a finalidade: 1Cor 15,22-28; Rm 8,19-23; Cl 3,11; Jo 17,21-23;para o qual tudo agora concorre: Rm 8,28;
GOVERNO DE DEUS
- ver 'Criação', ver 'Corpo místico', ver 'Cristo'.
GOZA
hebraico, talhado - 1Cr 5,26;
GRAÇA
Pode significar favor, benevolência, benefício. É a amizade de um poderoso. O rei concede graça ( Gn 30,27; 1Sm 16,22; 2Sm 14,22;). Graça e também beleza e encanto. Esta noção implica sempre uma nota de amor ( Rt 2,10-13; Est 2,17; Ct 5,10-16; Lc 1,28-30;). 
GRAÇA
- física: Eclo 9,8; Sl 44,3;
GRAÇA
Muitas vezes é a fidelidade de Deus, que perdoa e ama ( Sl 51,3; Sl 40,12; Is 63,7;); o justo encontra graça aos olhos de Deus ( Gn 6,8; Gn 18,3; Nm 11,11; Nm 11,15;). A graça e a unção repousam sobre o Messias ( Jo 1,14; Lc 2,40; Lc 2,52; Lc 3,22; Sl 45,3;). 
GRAÇA
- moral: Pr 31,30; Ecl 10,12; Eclo 18,17;
GRAÇA
Graça é igual a tempo de graça, tempo de salvação, tempo messiânico ( Jo 1,16-17; Rm 5,12-17; Rm 6,14ss; Rm 3,23ss; At 15,11; Hb 13,9; Tt 2,11ss;). Juntamente com a paz, a graça é um bem messiânico ( Rm 1,7; 1Cor 1,3; 2Cor 1,2; 1Pd 1,2; Cl 4,18; Hb 13,25; Ap 1,4; Ap 22,21;). 
GRAÇA
- agradabilidade: Eclo 26,15; Lc 4,22; Ef 4,29;
GRAÇA
São chamados 'graça' os dons do Espírito Santo ( Rm 5,15ss; 1Cor 7,7;), especialmente a salvação e a justificação ( Rm 5,2; Ef 2,5;). A graça supõe também a nossa cooperação ( Mt 25,27ss; 1Cor 15,10; 2Cor 6,1; 1Tm 4,14; Hb 13,9;). 
GRAÇA
- benevolência, favor: Gn 6,8; Gn 18,3; Gn 39,21; Ex 12,36; Ex 33,12; Jz 6,17; Pr 3,34; Eclo 2,7; Sl 83,12; Zc 12,10; Lc 1,30;
GRAÇA
Maria está repleta de benevolência divina ( Lc 1,28;cf. Rt 2,2; Rt 2,10; Rt 2,13; Est 2,9; Est 2,15; Est 2,17;). 
GRAÇA
- gratidão: Êf 5,19-20; Cl 3,15;
GRAÇA
- dom sobrenatural: Lc 1,28; Jo 1,16; At 6,8; Rm 11,6; Ef 4,7;
GRAÇA
- como dom: Jo 4,10-15; Ef 2,8; Ef 3,7;sobrenatural: Jo 3,3-5;que realiza uma justiça sobrenatural: Mt 5,20; Rm 3,24; Gl 2,21;é universal em Cristo: Rm 5,18; Rm 10,12; 1Cor 1,4; 2Cor 5,15; 2Cor 8,9; 2Cor 9,8; 2Cor 9,14; 1Tm 2,4;não negado aos pecadores: Mt 9,13;não imposto: Mt 23,37;
GRAÇA
- é uma realidade: Rm 5,19; Rm 8,9; Ef 4,23-24;com funções individuais: 1Cor 15,10;e sociais: 1Cor 16,3; Ef 4,7-13;
GRAÇA
- proveniente de Deus: Jo 6,44; Rm 8,26; 1Cor 12,11; Rm 8,26; 1Cor 12,11;que a ela nos predestina: Ef 1,11;por meio de Cristo: Lc 19,10; Ef 1,5; Ef 2,7; 1Tm 2,5; 2Pd 1,3-4;que é o exemplar: Rm 8,29;
GRAÇA
- sua necessidade: 1Cor 3,4-9;para conhecer com a fé: Jo 3,3; Jo 3,21; Jo 17,6ss; Jo 8,17; 2Cor 4,6; Ef 1,8-10; Ef 3,8-12;e na visão beatífica: 1Cor 13,12; 1Jo 3,2; Ap 21,23; Ap 22,5;para querer e amar: Rm 5,5; Rm 9,16; Fl 2,13;para agir: Lc 18,27; Jo 15,5; 1Cor 12,3; Fl 4,13;por causa da nossa insuficiência: 2Cor 3,5;
GRAÇA
- seus efeitos: justifica: ver 'Justificação', dando-nos a luz de Deus: Jo 15,14-15;tornando-nos filhos dele: 1Jo 3,2; 1Jo 3,9; 1Pd 1,23;novas criaturas: Rm 6,4; 2Cor 5,17; Ef 4,24;templo do Espírito Santo: 1Cor 6,19;e da Trindade: Jo 14,23;com direito à herança celeste: Rm 8,17;mérito: ver 'Mérito'.
GRAÇA
- suas distinções: capital: Jo 1,14; Cl 1,19; Cl 2,9;comunicando-se aos membros: Jo 1,16-17; Cl 2,10;
GRAÇA
- habitual: Jo 14,23; Rm 8,9; 2Pd 1,4;
GRAÇA
- atual: Lc 22,61; Jo 6,44; At 9,3-4; Rm 8,26;
GRAÇA
- proveniente: Is 65,1ss; Is 2,24; Sb 6,13; Jo 10,3; Jo 10,26-27; Fl 2,13;e cooperante: 1Cor 15,10;
GRAÇA
- eficaz: Jo 10,27-28; At 9,5-6;e suficiente: Mt 23,37; At 7,51-54; 2Cor 6,1;
GRAÇA
- carismática: 1Cor 12,7-10;
GRAÇA
- e Corpo místico: Rm 8,32; Ef 1,3-14; Cl 1,15-23;com solidariedade entre Cristo e os cristãos: 2Cor 8,9; 2Cor 12,9-10;consumado na glória: Rm 5,1-2; Rm 8,21; Rm 8,30; Rm 9,23; 2Cor 3,7-18; Ef 1,15-23; Cl 3,34;
GRATIDÃO
Para com Deus ( Dt 8,7-14; Sl 107,1; Sl 116,12; Eclo 32,13; Ef 5,20; Cl 3,15; 1Ts 5,18;); para com o próximo ( Pr 17,13; Eclo 29,15; 1Tm 2,1ss; 1Tm 5,4;). 
GRATIDÃO
- para com Deus, pelos bens da vida: Gn 4,4; Gn 8,20; Nm 15,19; 1Sm 2,1ss; Eclo 35,7; Eclo 35,9; At 27,35;
GRATIDÃO
- pela sua proteção e assistência: Gn 24,48; Ex 15,1ss; Lv 3,1; Jz 5,1ss; 1Cr 29,10ss; 2Cr 15,11; 2Cr 20,26; Tb 12,6; 1Mc 4,24; 1Mc 5,54; At 4,24ss;
GRATIDÃO
- pelo perdão das culpas: Rm 6,17-18;
GRATIDÃO
- por todos os outros benefícios: Fl 4,6; 2Ts 1,3; 1Tm 4,3; Ef 5,4;como é sua exigência: 1Ts 5,18;e por meio de Cristo: Ef 5,20; Cl 3,17;
GRATIDÃO
- de Jesus: Mt 11,25; Jo 11,41; Mt 26,26-27;
GRATIDÃO
- de Maria: Lc 1,46-55;
GRATIDÃO
- para com Jesus: Mc 5,20; Lc 17,15-16; Lc 18,43;
GRATIDÃO
- que a exige: Lc 17,17-18;
GRATIDÃO
- pela incorporação a Cristo: Lc 10,21; 2Cor 1,3-5; Ef 1,3-6; Ef 3,8-21; Cl 2,6-7;3.15; 1Tm 1,12-14; 2Tm 2,13-14;
GRATIDÃO
- para com os benfeitores: 2Sm 10,2; 1Sm 31,11; 2Sm 19,33-34; 1Rs 2,7; Tb 12,1-5; Est 6,3ss;
GRATIDÃO
- para com os justos: 2Mc 3,33;
GREGO
Pessoa que pela educação se apropriou da língua e cultura dos gregos, independentemente de sua nacionalidade; todos os demais são bárbaros ( Jo 19,20; At 19,11; Rm 1,14;). Havia gregos simpatizantes com a religião judaica ( Jo 12,20; At 14,1;). Paulo prega o Evangelho tanto a gregos como a judeus ( At 17,4; At 18,4; Rm 2,9ss; Rm 3,9;), pois segundo o seu Evangelho foi abolida a distinção entre judeu e grego ( Gl 3,28; Cl 3,11;). ver 'Pagão'. 
GUD-GODA
hebraico, monte de Gada, caverna do trovão - Dt 10,7;
GUEL
hebraico, majestade de Deus - Nm 13,15;
GUERRA
- castigo de Deus: Dt 28,47ss; 2Cr 12,5ss; 2Cr 24,24; Jz 3,8; Jz 4,1-3; Jz 6,1; Jz 10,6-9; Is 13,1; Is 5,25ss; Jr 5,15ss; Mc 13,7;
GUERRA
- a vitória é decidida por Deus: Gn 14,20; Ex 14,13ss; Ex 14,30; Ex 17,11; Dt 1,30; Dt 7,17-18; Dt 20,1-4; Dt 28,7; Js 31,6-8; Js 11,6ss; Jz 7,2ss; 1Sm 14,6ss; 2Rs 17,45ss; 2Rs 19,35; 2Cr 25,8; 1Mc 3,19-24; 1Mc 4,8-15; 2Mc 7,40; 2Mc 8,16ss; 2Mc 10,28-31; JT 11,6ss; Sl 15,11ss; JT 9; Sl 13,17; Sl 17,35ss; Is 12,17; Pr 107,12-14; Pr 143,1; Is 37,17ss; Pr 21,31;
GUERRA
- obrigações militares: ver 'Serviço militar'.
GUERRA
- clarividência: Dt 20,19-20; Pr 21,22; Pr 24,6; 1Mc 5,67; 1Mc 12,1ss; Ecl 9,14-18; Lc 14,31-32;
GUIGAL
hebraico, removendo - Nm 11,30;
GUILGAL
Lugar a leste de Jericó, onde foi erguido um monumento de pedra comemorando a passagem dos israelitas pelo rio Jordão ( Js 4,20;). Guilgal tornou-se um santuário e serviu como base para a conquista da Palestina ( Jz 2,1; 1Sm 10,8; 1Sm 13,8-15;). Mas os profetas o rejeitaram por se ter tornado um centro de idolatria ( Am 4,4;Os 4,15; Mq 6,5;). Havia outra Guilgal, nas montanhas de Efraim, perto de Betel ( Dt 11,30; 2Rs 2,1;).
GUIMEL
hebraico, 3ª letra hebraico, camelo – Sl 119,17;
GUME
hebraico, cume - Jz 3,16;
GUNI
hebraico, pintando de várias cores - Gn 46,24;
GUR
hebraico, residência, leãozinho - 2Rs 9,27;
GUR-BAAL
hebraico, residência de Baal - 2Cr 26,7;
GUSMU
hebraico, chuva - NE 6,6;