BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

HISTÓRICO: Livro de Judite (JT), capítulo 2 |
1CAMPANHA DE NABUCODONOSOR CONTRA O OCIDENTE
No décimo oitavo ano, no dia vinte e dois do primeiro mês, fez-se pública a palavra de Nabucodonosor, rei dos assírios, sobre a vingança contra toda a terra, segundo o que ele tinha prometido.
2De fato, convocou todos os seus servos e todos os seus oficiais, manifestou-lhes o seu plano secreto e decidiu, pela sua boca, a desgraça total da terra.
3Eles foram de parecer que se devia exterminar a todos aqueles que não tinham obedecido à palavra de sua boca.
4A seguir, terminada a reunião, Nabucodonosor, rei dos assírios, convocou Holofernes, comandante-em-chefe do seu exército, que era o segundo do reino,
5e disse-lhe: “Assim fala o grande rei, o senhor de toda a terra: Sairás da minha presença e tomarás contigo homens seguros da sua força, até cento e vinte mil guerreiros a pé, e uma multidão de cavalos com doze mil cavaleiros.
6Marcharás contra toda a terra ao Ocidente, porque não acreditaram na palavra de minha boca.
7Tu lhes intimarás a me prepararem terra e água, pois vou marchar furioso contra eles, cobrindo toda a extensão da terra com os pés do meu exército e os entregarei ao saque.
8Seus feridos encherão os seus vales, e toda torrente e rio estarão cheios, a transbordar, de seus mortos.
9Deportarei os seus cativos para as extremidades de toda a terra.
10Quanto a ti, vai à minha frente, ocupando todo o seu território. Se eles se renderem, tu os reservarás para o dia do seu julgamento.
11Aos que não se submeterem, porém, teu olho não os poupará, entregando-os à matança e ao saque em todo o seu território.
12Por minha vida e pelo poder do meu reinado: tudo o que estou dizendo eu o farei, com a minha mão.
13Quanto a ti, não transgredirás uma só das palavras do teu senhor, mas as cumprirás sem falta, como as prescrevi, sem demorar em executá-las”.
14Holofernes saiu da presença do seu senhor e chamou todos os chefes e generais e oficiais do exército da Assíria.
15Recenseou os homens de elite para o combate, como lhe ordenara o seu senhor, até cento e vinte mil, mais doze mil arqueiros montados.
16Organizou-os, como se costuma organizar um exército para a guerra.
17Recrutou camelos, asnos e mulos em enorme quantidade, para levarem a carga, e um sem número de ovelhas, bois e cabras, para o reabastecimento.
18Providenciou também provisões em quantidade para cada soldado, e ainda ouro e prata do palácio do rei em abundância.
19Partiu então de Nínive, ele com o seu exército, à frente do rei Nabucodonosor, com o objetivo de cobrir toda a extensão da terra, no Ocidente, com seus carros, cavaleiros e tropas escolhidas.
20Com ele, partiu um bando numeroso como gafanhotos e como a areia do mar, pois não se podia contá-los, tamanha era a multidão.
21Saíram, pois, de Nínive, e caminharam três dias rumo à planície de Bectilet, junto à montanha que está à esquerda da Cilícia superior.
22Reunindo aí todo o seu exército, tropas de infantaria, cavalaria e carros, Holofernes partiu para a região montanhosa.
23Bateu Fut e Lud e saqueou todos os filhos de Rassis e os filhos de Ismael, que habitavam na orla do deserto, ao sul dos queleus.
24Passou o Eufrates, atravessou a Mesopotâmia e arrasou as cidades fortificadas junto à torrente de Abrona, até chegar ao mar.
25Ocupou os territórios da Cilícia, destroçou os que lhe resistiam e chegou até os confins de Jafet, situados ao sul, diante da Arábia.
26Cercou todos os filhos de Madiã, queimou os seus acampamentos e devastou seus estábulos.
27Desceu ainda à planície de Damasco nos dias da colheita do trigo e incendiou todos os seus campos; entregou seus rebanhos de ovelhas e bois ao extermínio, saqueou suas cidades, devastou suas planícies e passou todos os seus jovens ao fio da espada.
28Provocou um medo terrível nos habitantes do litoral, que habitavam em Sídon e em Tiro, e sobre os habitantes de Sur e Oquina e todos os de Jâmnia. Também os habitantes de Azoto e de Ascalon ficaram aterrorizados.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online