BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

PROFETAS MENORES: Livro de Zacarias (Zc), capítulo 1 |
1PROFECIA DE ZACARIAS - APELO À CONVERSÃO
No oitavo mês do segundo ano de Dario, a palavra do Senhor veio ao profeta Zacarias, filho de Baraquias, filho de Ado, nestes termos:
2“O Senhor ficou extremamente irritado contra os vossos antepassados.
3Dirás, então, a eles: Assim diz o Senhor dos exércitos: Voltai para mim, que eu voltarei a vós!, diz o Senhor dos exércitos.
4Não façais como os antepassados. Os antigos profetas chamavam-lhes a atenção: ‘Voltai atrás de vossos caminhos injustos, de vossas más ações!’, mas eles não ouviram nem me deram atenção – oráculo do Senhor.
5Vossos antepassados, que é feito deles? Os profetas vivem para sempre?
6Mas a minha palavra e as ordens que dei aos profetas, meus servos, acaso não atingiram vossos pais? Pois eles se converteram e passaram a dizer assim: ‘O Senhor dos exércitos nos fez tudo o que tinha pensado, exatamente de acordo com o nosso comportamento e nossas injustiças’”.
7PRIMEIRA VISÃO: OS CAVALEIROS
No dia vinte e quatro do décimo primeiro mês do segundo ano de Dario, a palavra do Senhor veio a Zacarias, filho de Ado, da seguinte forma:
8“Tive uma visão à noite. Era um homem montando um cavalo vermelho, parado num lugar escuro no meio de murtas que estavam no fundo. Atrás deles estavam cavalos vermelhos, alazões e brancos.
9Perguntei: ‘Quem são eles, meu Senhor?’ E o anjo que falava comigo respondeu: ‘Vou mostrar-te quem são eles’.
10O homem que estava parado entre as murtas respondeu: ‘Estes são aqueles que o Senhor mandou para percorrerem o país’.
11E eles trouxeram a resposta ao anjo do Senhor que estava no meio das murtas: ‘Percorremos o país, e ele está povoado e tranqüilo’.
12E o anjo do Senhor acudiu: ‘Senhor dos exércitos, até quando ficarás sem mostrar compaixão por Jerusalém e pelos povoados de Judá, contra os quais ficaste irado há setenta anos?’
13Ao anjo que falava comigo o Senhor falou palavras de bênção, palavras de ternura.
14E o anjo que comigo falava disse-me: ‘Grita: Assim diz o Senhor dos exércitos: Tenho enorme paixão por Jerusalém, por Sião!
15Grande é também a raiva que sinto das nações satisfeitas, pois quando minha ira foi pequena contra elas, continuaram dando forças à injustiça.
16É por isso que assim diz o Senhor: Eu me volto para Jerusalém com ternura, ali será construída a minha casa, oráculo do Senhor dos exércitos. Linhas de pedreiro serão esticadas em Jerusalém.
17Grita mais uma vez: Assim diz o Senhor dos exércitos: Minhas cidades terão de novo fartura de tudo o que é bom. O Senhor ainda terá carinho por Sião, ainda vai eleger Jerusalém’.

PESQUISAR
 



Bíblia Católica Online