BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

HISTÓRICO: Primeiro Livro de Samuel (1Sm), capítulo 2 |
1CÂNTICO DE ANA
Ana orou e disse: “Meu coração exulta no Senhor, graças ao Senhor se levanta minha força. Minha boca desafia meus adversários, porque me alegro em tua salvação.
2Ninguém é santo como o Senhor, outro além de ti não há, não há rocha firme como nosso Deus.
3Não multipliqueis palavras orgulhosas, nem saia insolência de vossas bocas! Pois o Senhor é um Deus que sabe, é ele quem pesa as nossas ações.
4O arco dos valentes é quebrado, mas os fracos se armam com vigor.
5Os saturados se empregam para ter pão, mas os famintos param de sofrer. A mulher estéril sete vezes dá à luz, mas fenece a mãe de muitos filhos.
6O Senhor é quem dá a morte e a vida, faz descer à morada dos mortos e de lá voltar.
7O Senhor é quem torna pobre ou rico, é ele quem humilha e exalta.
8Levanta do pó o necessitado e do monturo ergue o indigente: dá-lhe assento entre os príncipes, destina-lhe um trono de glória. Pois do Senhor são as colunas da terra, e sobre elas apoiou o mundo.
9Ele vela sobre os passos dos seus santos, mas os ímpios perecem nas trevas, pois ninguém triunfa pela própria força.
10O Senhor faz tremer seus inimigos, troveja sobre eles desde os céus. O Senhor julga até os confins da terra. Ele dá fortaleza a seu rei, eleva a força do seu ungido”.
11Elcana partiu para sua casa em Ramá, enquanto o menino ficou servindo ao Senhor, sob as ordens do sacerdote Eli.
12OS FILHOS DE ELI E O JOVEM SAMUEL
Os filhos de Eli eram homens desonestos, que não se preocupavam com o Senhor,
13nem com o direito dos sacerdotes em relação ao povo. Toda vez que alguém oferecia um sacrifício, enquanto se cozinhava a carne, o servo do sacerdote vinha com seu garfo de três dentes,
14metia-o no caldeirão, na panela, no tacho ou na travessa, e tudo quanto o garfo trazia, o sacerdote o retinha para si. Assim se fazia a todo o Israel que ia a Silo.
15Ou então, já antes de se queimar a gordura, chegava o servo do sacerdote e dizia ao que oferecia o sacrifício: “Dá essa carne ao sacerdote, para ser assada, porque ele não aceitará de ti carne cozida, mas somente crua”.
16E se a pessoa observava: “Primeiro queime-se a gordura, depois podes tirar o que quiseres”, ele respondia: “Não, ou me dás agora mesmo, como disse, ou tomarei à força”.
17O pecado daqueles moços foi grande diante do Senhor, porque tratavam com descaso a oferenda feita ao Senhor.
18Entretanto, Samuel, menino ainda, estava a serviço do Senhor, usando a casula de linho chamada efod.
19Cada ano sua mãe fazia uma pequena túnica e lhe trazia, quando vinha com seu marido oferecer o sacrifício anual.
20Eli abençoava Elcana e sua esposa e dizia: “Que o Senhor te dê descendência por meio desta mulher, em atenção ao pedido que ela fez ao Senhor”, e eles voltavam para sua casa.
21O Senhor, pois, visitou Ana, e ela concebeu e deu à luz três filhos e duas filhas. E o jovem Samuel crescia na presença do Senhor.
22Já muito velho, Eli ficava sabendo de tudo o que os seus filhos faziam a todo o Israel e de como se deitavam com as mulheres que serviam à entrada da Tenda do Enconto.
23Dizia-lhes: “Por que procedeis do modo como ouço todo o povo contar, fazendo coisas escandalosas?
24Não, meus filhos, não é boa a fama que chega a meus ouvidos. Levais o povo do Senhor à transgressão.
25‘Se um ser humano pecar contra outro, Deus poderá ser seu juiz; mas se pecar contra o Senhor, quem intercederá por ele?” Mas não escutaram a voz de seu pai, pois o Senhor queria fazê-los morrer.
26Entretanto, o jovem Samuel progredia e crescia, e agradava tanto ao Senhor quanto ao povo.
27CASTIGO DA CASA DE ELI
Veio a Eli um homem de Deus e lhe disse: “Assim diz o Senhor. Porventura não me revelei abertamente à casa de teu pai quando estavam no Egito, na casa do Faraó?
28Eu o escolhi dentre todas as tribos de Israel para ser meu sacerdote, para subir ao meu altar, para oferecer-me incenso e vestir o efod em minha presença. Eu dei à casa de teu pai tudo que fosse sacrificado pelos israelitas.
29Por que desrespeitais minha oferenda e meu sacrifício, que prescrevi fossem oferecidos na minha Morada? Por que honras mais teus filhos do que a mim, pois vos engordais com as melhores partes de todos os sacrifícios de Israel, meu povo?
30Por isso, assim fala o Senhor, Deus de Israel: Declarei que tua casa e a casa de teu pai serviriam em minha presença para sempre. Agora, porém – diz o Senhor –, acabou. Honrarei aos que me honrarem, e aos que me desprezarem, desprezarei.
31Virá o momento em que cortarei o teu braço e o poder da casa de teu pai, para que em tua casa ninguém mais chegue à velhice.
32Verás no templo teu rival e tudo o que alegra Israel, enquanto em tua casa ninguém mais chegará à velhice.
33Conservarei perto do meu altar algum dos teus, mas será para que teus olhos se escureçam e tua alma se consuma; e a maior parte da tua casa morrerá ao chegar à idade viril.
34E isto será para ti um sinal: o que acontecerá aos teus dois filhos, Hofni e Finéias – ambos morrerão no mesmo dia.
35Vou instituir para mim um sacerdote fiel, que aja de acordo com meu coração e minha alma, e construirei para ele uma casa estável, e ele caminhará todos os dias na presença do meu ungido.
36E todo aquele que restar de tua casa virá prostrar-se diante dele para conseguir uma moedinha ou um naco de pão e dirá: ‘Rogo-te que me dês qualquer função sacerdotal, para que eu tenha um bocado de pão para comer’”.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online