BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

EVANGELHOS: Evangelho segundo São Lucas (Lc), capítulo 1 |
1EVANGELHO SEGUNDO LUCAS - PRÓLOGO
Muitos tentaram escrever a história dos fatos ocorridos entre nós,
2assim como nos transmitiram aqueles que, desde o início, foram testemunhas oculares e, depois, se tornaram ministros da palavra.
3Diante disso, decidi também eu, caríssimo Teófilo, redigir para ti um relato ordenado, depois de ter investigado tudo cuidadosamente desde as origens,
4para que conheças a solidez dos ensinamentos que recebeste.
5PRIMÓRDIOS - ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JOÃO BATISTA
No tempo de Herodes, rei da Judéia, havia um sacerdote, chamado Zacarias, da classe de Abias. Sua esposa era descendente de Aarão e chamava-se Isabel.
6Ambos eram justos diante de Deus e cumpriam fielmente todos os mandamentos e preceitos do Senhor.
7Não tinham filhos, pois Isabel era estéril, e os dois eram de idade avançada.
8Ao exercer as funções sacerdotais diante de Deus, quando era a vez de sua classe,
9conforme o costume dos sacerdotes, Zacarias foi sorteado para entrar no Santuário do Senhor e fazer a oferenda do incenso.
10Nessa hora do incenso, todo o povo estava em oração, do lado de fora.
11Apareceu-lhe, então, o anjo do Senhor, de pé, à direita do altar do incenso.
12Quando Zacarias o viu, ficou perturbado e cheio de medo.
13O anjo lhe disse: “Não tenhas medo, Zacarias, porque o Senhor ouviu o teu pedido. Isabel, tua esposa, vai te dar um filho, e tu lhe porás o nome de João.
14Ficarás alegre e feliz, e muitos se alegrarão com seu nascimento.
15Ele será grande diante do Senhor. Não beberá vinho nem bebida fermentada; e, desde o ventre da mãe, ficará cheio do Espírito Santo.
16Ele fará voltar muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus.
17Caminhará à frente deles, com o espírito e o poder de Elias, para fazer voltar o coração dos pais aos filhos e os rebeldes, à sabedoria dos justos; e para preparar um povo bem disposto para o Senhor.
18Zacarias disse ao anjo: “Como posso ter certeza disso? Estou velho e minha esposa já tem uma idade avançada”.
19O anjo respondeu-lhe: “Eu sou Gabriel, e estou sempre na presença de Deus. Eu fui enviado para falar contigo e anunciar-te esta boa nova.
20E agora, ficarás mudo, sem poder falar até o dia em que estas coisas acontecerem, já que Não acreditaste nas minhas palavras, que se cumprirão no tempo certo”.
21O povo estava esperando Zacarias e se admirava com sua demora no Santuário.
22Quando saiu, não podia falar, e perceberam que ele tivera uma visão no Santuário. Zacarias se comunicava com eles por meio de gestos e permanecia mudo.
23Passados os dias do seu ofício, ele voltou para casa.
24Algum tempo depois, sua esposa Isabel ficou grávida e permaneceu escondida durante cinco meses; ela dizia:
25“Assim o Senhor fez comigo nestes dias: ele dignou- se tirar a vergonha que pesava sobre mim”.
26ANÚNCIO DO NASCIMENTO DE JESUS
Quando Isabel estava no sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27a uma virgem prometida em casamento a um homem de nome José, da casa de Davi. A virgem se chamava Maria.
28O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra- te, cheia de graça!- O Senhor está contigo”.
29Ela perturbou-se com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação.
30O anjo, então, disse: “Não tenhas medo, Maria! Encontraste graça junto a Deus.
31Conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus.
32Ele será grande; será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai.
33Ele reinará para sempre sobre a descendência de Jacó, e o seu reino não terá fim”.
34Maria, então, perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem?”
35O anjo respondeu: “O Espírito Santo descerá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer será chamado santo, Filho de Deus.
36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na sua velhice. Este já é o sexto mês daquela que era chamada estéril,
37pois para Deus nada é impossível”.
38Maria disse: “Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra”. E o anjo retirou-se de junto dela.
39VISITA A ISABEL. O MAGNIFICAT
Naqueles dias, Maria partiu apressadamente se a uma cidade de Judá.
40Ela entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel.
41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou de alegria em seu ventre, e Isabel ficou repleta do Espírito Santo.
42Com voz forte, ela exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!
43Como mereço que a mãe do meu Senhor venha me visitar?
44Logo que a tua saudação ressoou nos meus ouvidos, o menino pulou de alegria no meu ventre.
45Feliz aquela que acreditou, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor será cumprido!”.
46Maria então disse:
47“A minha alma engrandece o Senhor, e meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
48porque ele olhou para a humildade de sua serva. Todas as gerações, de agora em diante, me chamarão feliz,
49porque o Poderoso fez para mim coisas grandiosas. O seu nome é santo,
50e sua misericórdia se estende de geração em geração sobre aqueles que o temem.
51Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os que tem planos orgulhosos no coração.
52Derrubou os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes.
53Encheu de bens os famintos, e mandou embora os ricos de mãos vazias.
54Acolheu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia,
55conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”.
56Maria ficou três meses com Isabel. Depois, voltou para sua casa.
57NASCIMENTO DE JOÃO BATISTA. CÂNTICO DE ZACARIAS
Quando se completou o tempo da gravidez, Isabel deu à luz um filho.
58Os vizinhos e os parentes ouviram quanta misericórdia o Senhor lhe tinha demonstrado, e alegravam-se com ela.
59No oitavo dia, foram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias.
60A mãe, porém, disse: “Não. Ele vai se chamar João”.
61Disseram-lhe: “Ninguém entre os teus parentes é chamado com este nome!”
62Por meio de sinais, então, perguntaram ao pai como ele queria que o meninos e chamasse.
63Zacarias pediu uma tabuinha e escreveu: “João é o seu nome!” E todos ficaram admirados.
64No mesmo instante, sua boca se abriu, a língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus.
65Todos os vizinhos se encheram de temor, e a notícia se espalhou por toda a região montanhosa da Judéia.
66Todos os que ouviram a notícia ficavam pensando: “Que vai ser este menino?” De fato, a mão do Senhor estava com ele.
67Zacarias, seu pai, cheio do Espírito Santo, profetizou dizendo:
68“Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e libertou o seu povo.
69Ele fez surgir para nós um poderoso salvador na casa de Davi, seu servo,
70assim como tinha prometido desde os tempos antigos, pela boca dos seus santos profetas:
71de salvar-nos dos nossos inimigos e da mão de quantos nos odeiam.
72Ele foi misericordioso com nossos pais: recordou-se de sua santa aliança,
73e do juramento que fez a nosso pai Abraão, de nos conceder
74que, sem medo e livres dos inimigos, nós o sirvamos,
75com santidade e justiça, em sua presença, todos os dias de nossa vida.
76E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, porque irás à frente do Senhor, preparando os seus caminhos,
77dando a conhecer a seu povo a salvação, com o perdão dos pecados,
78graças ao coração misericordioso de nosso Deus, que envia o sol nascente do alto para nos visitar,
79para iluminar os que estão nas trevas, na sombra da morte,e dirigir nossos passos no caminho da paz”.
80O menino crescia e seu espírito se fortalecia. Ele vivia nos desertos, até o dia de se apresentar publicamente diante de Israel.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online