BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

EVANGELHOS: Evangelho segundo São João (Jo), capítulo 1 |
1EVANGELHO SEGUNDO JOÃO - PRÓLOGO - JESUS, PALAVRA DE DEUS
No princípio era a Palavra, e a Palavra estava junto de Deus, e a Palavra era Deus.
2Ela existia, no princípio, junto de Deus.
3Tudo foi feito por meio dela, e sem ela nada foi feito de tudo o que existe.
4Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens.
5E a luz brilha nas trevas, e as trevas não conseguiram dominá-la.
6Veio um homem, enviado por Deus; seu nome era João.
7Ele veio como testemunha, a fim de dar testemunho da luz, para que todos pudessem crer, por meio dele.
8Não era ele a luz, mas veio para dar testemunho da luz.
9Esta era a luz verdadeira, que vindo ao mundo a todos ilumina.
10Ela estava no mundo, e o mundo foi feito por meio dela, mas o mundo não a reconheceu.
11Ela veio para o que era seu, mas os seus não a acolheram.
12A quantos, porém, a acolheram, deu-lhes poder de se tornarem filhos de Deus: são os que crêem no seu nome.
13Estes foram gerados não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.
14E a Palavra se fez carne e veio morar entre nós. Nós vimos a sua glória, glória que recebe do seu Pai como filho único, cheio de graça e de verdade.
15João dá testemunho dele e proclama: “Foi dele que eu disse: ‘Aquele que vem depois de mim passou à minha frente, porque antes de mim ele já existia’”.
16De sua plenitude todos nós recebemos, graça por graça.
17Pois a Lei foi dada por meio de Moisés, a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo.
18Ninguém jamais viu a Deus; o Filho único, que é Deus e está na intimidade do Pai, foi quem o deu a conhecer.
19O TEMPO DOS “SINAIS ” - O TESTEMUNHO DE JOÃO BATISTA
Este é o testemunho de João, quando os judeus enviaram, de Jerusalém, sacerdotes e levitas para lhe perguntar: “Quem és tu?”
20Ele confessou e não negou; ele confessou: “Eu não sou o Cristo”.
21Perguntaram: “Quem és, então? Tu és Elias?” Respondeu: “Não sou”. – “Tu és o profeta?” – “Não”, respondeu ele.
22Perguntaram-lhe: “Quem és, afinal? Precisamos dar uma resposta àqueles que nos enviaram. Que dizes de ti mesmo?”
23Ele declarou: “Eu sou a voz de quem grita no deserto: ‘Endireitai o caminho para o Senhor!’”, conforme disse o profeta Isaías.
24Eles tinham sido enviados da parte dos fariseus,
25e perguntaram a João: “Por que, então, batizas, se não és o Cristo, nem Elias, nem o profeta?”
26João lhes respondeu: “Eu batizo com água. Mas entre vós está alguém que vós não conheceis:
27aquele que vem depois de mim, e do qual eu não sou digno de desatar as correias da sandália!”
28Isso aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.
29O CORDEIRO DE DEUS
No dia seguinte, João viu que Jesus vinha a seu encontro e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo.
30É dele que eu falei: ‘Depois de mim vem um homem que passou à minha frente, porque antes de mim ele já existia’!
31Eu também não o conhecia, mas vim batizar com água para que ele fosse manifestado a Israel”.
32João ainda testemunhou: “Eu vi o Espírito descer do céu, como pomba, e permanecer sobre ele.
33Pois eu não o conhecia, mas aquele que me enviou a batizar com água disse-me: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer, é ele quem batiza com o Espírito Santo’.
34Eu vi, e por isso dou testemunho: ele é o Filho de Deus!”
35OS PRIMEIROS DISCÍPULOS
No dia seguinte, João estava lá, de novo, com dois dos seus discípulos.
36Vendo Jesus caminhando, disse: “Eis o Cordeiro de Deus”!
37Os dois discípulos ouviram esta declaração de João e passaram a seguir Jesus.
38Jesus voltou-se para trás e, vendo que eles o seguiam, perguntou-lhes: “Que procurais?” Eles responderam: “Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras?”
39Ele respondeu: “Vinde e vede”! Foram, viram onde morava e permaneceram com ele aquele dia. Era por volta das quatro horas da tarde.
40André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido a declaração de João e seguido Jesus.
41Ele encontrou primeiro o próprio irmão, Simão, e lhe falou: “Encontramos o Cristo!” (que quer dizer Messias).
42Então, conduziu-o até Jesus, que lhe disse, olhando para ele: “Tu és Simão, filho de João. Tu te chamarás Cefas!” (que quer dizer Pedro).
43VOCAÇÃO DE FILIPE E DE NATANAEL
No dia seguinte, ele decidiu partir para a Galiléia e encontrou Filipe. Jesus disse a este: “Segue-me”! (
44Filipe era de Betsaida, a cidade de André e de Pedro.)
45Filipe encontrou-se com Natanael e disse-lhe: “Encontramos Jesus, o filho de José, de Nazaré, aquele sobre quem escreveram Moisés, na Lei, bem como os Profetas”.
46Natanael perguntou: “De Nazaré pode sair algo de bom?” Filipe respondeu: “Vem e vê”!
47Jesus viu Natanael que vinha ao seu encontro e declarou a respeito dele: “Este é um verdadeiro israelita, no qual não há falsidade”!
48Natanael disse-lhe: “De onde me conheces?” Jesus respondeu: “Antes que Filipe te chamasse, quando estavas debaixo da figueira, eu te vi”.
49Natanael exclamou: “Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel!”
50Jesus lhe respondeu: “Estás crendo só porque falei que te vi debaixo da figueira? Verás coisas maiores que estas”.
51E disse-lhe ainda: “Em verdade, em verdade, vos digo: vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem!”

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online