Reiniciar pesquisa | Documentos | Igreja Católica | AVISOS    ||    ->  
Catecismo Católico completo do Vaticano

Pesquisar no catecismo:    Máx: itens
  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Primeiro - A Revelação Da Oração
      Artigo 3 - No Tempo Da Igreja
       Iii. A Oração De Intercessão

8.09 [2635] Interceder, pedir a favor de outrem, é próprio, desde Abraão, dum coração conforme com a misericórdia de Deus. No tempo da Igreja, a intercessão cristã participa na de Cristo: é a expressão da comunhão dos santos. Na intercessão, aquele que ora não « olha aos seus próprios interesses, mas aos interesses dos outros » (Fl 2,4), e chega até a rezar pelos que lhe fazem mal (108)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Segundo - A Tradição Da Oração
      Artigo 3 - Guias Para A Oração
       Resumo

7.94 [2692] Na sua oração, a Igreja peregrina associa-se à dos santos, cuja intercessão solicita.

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Primeiro - A Revelação Da Oração
      Artigo 3 - No Tempo Da Igreja
       V. A Oração De Louvor

6.15 [2642] A revelação « do que deve acontecer em breve », que é o Apocalipse, apoia-se nos cânticos da liturgia celeste (121), mas também na intercessão das « testemunhas » (isto é, dos mártires) (122). Os profetas e os santos, todos os que na terra foram mortos por causa do testemunho dado por Jesus (123), a multidão imensa daqueles que, vindos da grande tribulação, nos precederam no Reino, cantam o louvor da glória d'Aquele que está sentado no trono e do Cordeiro (124). Em comunhão com eles, a Igreja da terra canta também os mesmos cânticos, na fé e na provação. A fé, na súplica e na intercessão, espera contra toda a esperança e dá graças ao Pai das luzes de Quem procede todo o dom perfeito (125)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Primeira Parte - A Profissão Da Fé
    Segunda Seção - A Profissão Da Fé Cristã
     Capítulo Terceiro - Creio No Espírito Santo
      Artigo 2 - « Creio Na Santa Igreja Católica »
       Parágrafo 5 - A Comunhão Dos Santos

5.98 [946] Depois de ter confessado « a santa Igreja Católica », o Símbolo dos Apóstolos acrescenta « a comunhão dos santos ». Este artigo é, em certo sentido, uma explicitação do anterior: pois « que é a Igreja senão a assembleia de todos os santos? » (505)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Segunda Parte - A Celebração Do Mistério Cristão
    Segunda Seção - Os Sete Sacramentos Da Igreja
     Capítulo Segundo - Os Sacramentos De Cura
      Artigo 4 - O Sacramento Da PenitÊncia E Da Reconciliação
       V. As Múltiplas Formas Da Penitência Na Vida Cristã

5.50 [1434] A penitência interior do cristão pode ter expressões muito variadas. A Escritura e os Padres insistem sobretudo em três formas: o jejum, a oração e a esmola que exprimem a conversão, em relação a si mesmo, a Deus e aos outros. A par da purificação radical operada pelo batismo ou pelo martírio, citam, como meios de obter o perdão dos pecados, os esforços realizados para se reconciliar com o próximo, as lágrimas de penitência, a preocupação com a salvação do próximo (27), a intercessão dos santos e a prática da caridade « que cobre uma multidão de pecados » (1 Pe 4, 8)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Primeiro - A Revelação Da Oração
      Artigo 3 - No Tempo Da Igreja
       Iii. A Oração De Intercessão

5.25 [2634] A intercessão é uma oração de petição que nos conforma de perto com a oração de Jesus. É Ele o único intercessor junto do Pai em favor de todos os homens, em particular dos pecadores (107). Ele « pode salvar de maneira definitiva aqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus, uma vez que está sempre vivo, para interceder por eles » (Hb 7,25). O próprio Espírito Santo « intercede por nós [...] intercede pelos santos, em conformidade com Deus » (Rm 8,26-27)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Segunda Parte - A Celebração Do Mistério Cristão
    Segunda Seção - Os Sete Sacramentos Da Igreja
     Capítulo Primeiro - Os Sacramentos Da Iniciação Cristã
      Artigo 3 - O Sacramento Da Eucaristia
       V. O Sacrifício Sacramental: Ação De Graças, Memorial, Presença
        O Memorial Sacrificial De Cristo E Do Seu Corpo, A Igreja

5.11 [1370] À oblação de Cristo unem-se não só os membros que estão ainda neste mundo, mas também os que já estão na glória do céu: é em comunhão com a santíssima Virgem Maria e fazendo memória d'Ela, assim como de todos os santos e de todas as santas, que a Igreja oferece o sacrifício eucarístico. Na Eucaristia, a Igreja, com Maria, está como que ao pé da cruz, unida à oblação e à intercessão de Cristo.

  Catecismo Da Igreja Católica
   Segunda Parte - A Celebração Do Mistério Cristão
    Primeira Seção - A « Economia » Sacramental
     Capítulo Segundo - A Celebração Sacramental Do Mistério Pascal
      Artigo 1 - Celebrar A Liturgia Da Igreja
       Resumo

4.92 [1195] Celebrando a memória dos santos, em primeiro lugar da Santa Mãe de Deus, depois dos Apóstolos, dos mártires e dos outros santos, em dias fixos do ano litúrgico, a Igreja da terra manifesta a sua união à liturgia celeste; glorifica Cristo por ter realizado a salvação nos seus membros glorificados; o exemplo deles é para ela um estímulo no seu peregrinar para o Pai.

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Segundo - A Tradição Da Oração
      Artigo 3 - Guias Para A Oração
       Uma Nuvem De Testemunhas

4.87 [2683] As testemunhas que nos precederam no Reino (30), especialmente aquelas que a Igreja reconhece como « santos », participam na tradição viva da oração pelo exemplo da sua vida, pela transmissão dos seus escritos e pela sua oração actual. Elas contemplam a Deus, louvam-n' O e não cessam de tomar a seu cuidado os que deixaram na terra. Tendo entrado « na alegria » do seu Senhor, foram « estabelecidas à frente de muita coisa » (31)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Primeira Parte - A Profissão Da Fé
    Segunda Seção - A Profissão Da Fé Cristã
     Capítulo Terceiro - Creio No Espírito Santo
      Artigo 2 - « Creio Na Santa Igreja Católica »
       Parágrafo 5 - A Comunhão Dos Santos
        Ii. A Comunhão Entre A Igreja Do Céu E A Da Terra

4.82 [956] A intercessão dos santos. « Os bem-aventurados, estando mais intimamente unidos com Cristo, consolidam mais firmemente a Igreja na santidade [...]. Eles não cessam de interceder a nosso favor, diante do Pai, apresentando os méritos que na terra alcançaram, graças ao Mediador único entre Deus e os homens, Jesus Cristo [...]. A nossa fraqueza é assim grandemente ajudada pela sua solicitude fraterna » (516): « Não choreis, que eu vos serei mais útil depois da morte e vos ajudarei mais eficazmente que durante a vida » (515). « Quero passar o meu céu a fazer o bem sobre a terra » (518)


Vaticano A Igreja, que é "a coluna e sustentáculo da verdade" (1Tm 3,15), guarda fielmente a fé uma vez por todas confiada aos santos (Cf. Jd 1,3). É ela que conserva a memória das Palavras de Cristo, é ela que transmite de geração em geração a confissão de fé dos apóstolos. Como uma mãe que ensina seus filhos a falar e, com isso, a compreender e a comunicar, a Igreja, nossa Mãe, nos ensina a linguagem da fé para introduzir-nos na compreensão e na vida da fé. (Catecismo da Igreja Católica)

Ver artigo A Igreja e a Bíblia do Pe. Arnold Damen.



Ver todas as aulas de catecismo do padre Paulo Ricardo.

Ver aulas de catecismo do prof. Carlos Ramalhete.

Catecismo popular do Papa São Pio X, publicado em 1905, elaborado com 1000 perguntas e respostas.


Download do catecismo completo de 1992 da Igreja Católica em PDF.
Download do compêndio do catecismo de 1992 em PDF com perguntas e respostas.
Download do catecismo ilustrado de 1910 em PDF.

João Paulo II
Fidei Depositum

Os Dez Mandamentos
Os 10 mandamentos da Igreja Católica

Credo Católico
Credo da Igreja Católica

Compêndio do catecismo externo e interno

A Hierarquia dos Anjos
segundo Dionísio e São Tomás de Aquino.

Didaqué, um catecismo do século I, a instrução dos 12 apóstolos.

Ver também catecismo e Igreja Católica na Wikipédia.

Ver artigo de Dom Estêvão Bettencourt: "O Catecismo da Igreja Católica".

Ver catecismo completo de 1992 no navegador (versão html).


Palavras-chave para pesquisa no catecismo:

aborto
adultério
amor de Deus
anjos
apocalipse
batismo
blasfêmia
castidade
corpo de cristo
demônio
embrião
espírito santo
filho de Deus
graça de Deus
graça e justificação
idolatria
impureza
intercessão dos santos
juizo final
mal e sofrimento
nova aliança
oração
pai nosso
palavra de Deus
pecado original
pena de morte
pessoa humana
prostituição
purgatório
reino de Deus
ressurreição
santidade
santíssima trindade
vida cristã
vida eterna
virgem maria
Imagem de Maria Santíssima PESQUISAR NOS ARTIGOS
Expressões mais frequentes encontradas no catecismo da Igreja.
"Estudando o 'Catecismo da Igreja Católica', pode-se captar a maravilhosa unidade do mistério de Deus, do seu desígnio de salvação, bem como a centralidade de Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, enviado pelo Pai, feito homem no seio da Santíssima Virgem Maria por obra do Espírito Santo, para ser o nosso Salvador.
Morto e ressuscitado, Ele está sempre presente na sua Igreja, particularmente nos sacramentos; ele é a fonte da fé, o modelo do agir cristão e o Mestre da nossa oração."
  PESQUISAR NA BÍBLIA ....
 
Veja como publicar as caixas acima em seu blog ou site
O paradoxo do mal e o silêncio de Deus, como explicar o mistério da iniquidade?
Ver também A Humilhação da Mulher Cananeia (30)
Doações são bem-vindas para manter e promover o site.

-= Grupo Católicos Online no Face =-
-= Cristãos Online no Face =-
Assine RSS Católicos Online

Agradeçamos a Deus de quem procede toda boa dádiva; queira Ele abençoar todo o trabalho realizado visando tão somente a sua glória.

Mantenha-se sempre ao lado da Igreja Católica, porque só ela pode lhe dar paz verdadeira, posto que só ela possui Jesus no Santíssimo Sacramento, o verdadeiro Príncipe da Paz. [Pio de Pietrelcina]

1Cor 11,27: "Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor."

Ora, como alguém pode comer sua própria condenação, se fosse apenas pão?

S. Paulo é taxativo:

1Cor 11,29: "Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação."

Só Vós, Senhor!


< center>

Catecismo Católico