Reiniciar pesquisa | Documentos | Igreja Católica | AVISOS    ||    ->  
Catecismo Católico completo do Vaticano

Pesquisar no catecismo:    Máx: itens
  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Segundo - A Tradição Da Oração
      Artigo 3 - Guias Para A Oração
       Servos Da Oração

4.02 [2689] Grupos de oração e até « escolas de oração » são hoje um dos sinais e um dos estímulos da renovação da oração na Igreja, na condição de irem beber às fontes autênticas da oração cristã. A preocupação com a comunhão é sinal da verdadeira oração na Igreja.

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Terceiro - A Vida De Oração
      Artigo 1 - As Expressões Da Oração
       I. A Oração Vocal

3.97 [2704] Porque exterior e tão plenamente humana, a oração vocal é, por excelência, a oração das multidões. Mas até a oração mais interior não pode prescindir da oração vocal. A oração torna-se interior na medida em que tomamos consciência d'Aquele « a Quem falamos » (5)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Segundo - A Tradição Da Oração
      Artigo 2 - O Caminho Da Oração
       « Vinde, Espírito Santo »

3.71 [2672] O Espírito Santo, cuja unção impregna todo o nosso ser, é o mestre interior da oração cristã. É o artífice da tradição viva da oração. Há, é certo, tantos caminhos na oração como orantes; mas é o mesmo Espírito que age em todos e com todos. É na comunhão do Espírito Santo que a oração cristã é oração na Igreja.

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Terceiro - A Vida De Oração

3.68 [2698] A Tradição da Igreja propõe aos fiéis ritmos de oração destinados a alimentar a oração contínua. Alguns são quotidianos: a oração da manhã e da noite, antes e depois das refeições, a Liturgia das Horas. O Domingo, centrado na Eucaristia, é santificado principalmente pela oração. O ciclo do ano litúrgico e as suas grandes festas constituem os ritmos fundamentais da vida de oração dos cristãos.

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Segunda Seção - A Oração Do Senhor: « Pai Nosso »
     Artigo 1 - « O Resumo De Todo O Evangelho »

3.56 [2761] « A oração dominical é verdadeiramente o resumo de todo o Evangelho »(7). « Depois de o Senhor nos ter legado esta fórmula de oração, acrescentou "Pedi e recebereis" (Jo 16,24). Cada um pode, portanto, dirigir ao céu diversas orações segundo as suas necessidades, mas começando sempre pela oração do Senhor, que continua a ser a oração fundamental » (8)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Terceiro - A Vida De Oração
      Artigo 1 - As Expressões Da Oração
       I. A Oração Vocal

3.34 [2701] A oração vocal é um elemento indispensável da vida cristã. Aos discípulos, atraídos pela oração silenciosa do seu mestre, este ensina-lhes uma oração vocal: o « Pai-nosso ». Jesus não rezou apenas as orações litúrgicas da sinagoga: os evangelhos mostram-no-Lo a elevar a voz para exprimir a sua oração pessoal, desde a bênção exultante do Pai (3) até à desolação do Getsémani (4)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     O Que é A Oração?
      A Oração Como Aliança

3.26 [2562] De onde procede a oração do homem? Seja qual for a linguagem da oração (gestos e palavras), é o homem todo que ora. Mas para designar o lugar de onde brota a oração, as Escrituras falam às vezes da alma ou do espírito ou, com mais frequência, do coração (mais de mil vezes)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Primeiro - A Revelação Da Oração
      Artigo 2 - Na Plenitude Do Tempo
       Resumo

3.26 [2620] No Novo Testamento, o modelo perfeito da oração é a oração filial de Jesus. Feita muitas vezes na solidão, no segredo, a oração de Jesus comporta uma adesão amorosa à vontade do Pai até à cruz e uma confiança absoluta em que será atendida.

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Segunda Seção - A Oração Do Senhor: « Pai Nosso »
     Artigo 1 - « O Resumo De Todo O Evangelho »
      Ii. « A Oração Do Senhor »

3.26 [2765] A expressão tradicional « oração dominical » (isto é, « oração do Senhor ») significa que a prece dirigida ao nosso Pai nos foi ensinada e legada pelo Senhor Jesus. Tal oração, que nos vem de Jesus, é verdadeiramente única: é « do Senhor ». Efectivamente, por um lado, nas palavras desta oração o Filho Único dá-nos as palavras que o Pai Lhe deu (13)

  Catecismo Da Igreja Católica
   Quarta Parte - A Oração Cristã
    Primeira Seção - A Oração Na Vida Cristã
     Capítulo Primeiro - A Revelação Da Oração
      Artigo 2 - Na Plenitude Do Tempo

3.18 [2598] O drama da oração é-nos plenamente revelado no Verbo que Se faz carne e habita entre nós. Procurar compreender a sua oração através do que as suas testemunhas dela nos dizem no Evangelho, é aproximar-nos do santo Senhor Jesus como da sarça ardente: primeiro, contemplando-o a Ele próprio em oração; depois, escutando como Ele nos ensina a rezar, para, finalmente, conhecermos como é que Ele atende a nossa oração.


Vaticano A Igreja, que é "a coluna e sustentáculo da verdade" (1Tm 3,15), guarda fielmente a fé uma vez por todas confiada aos santos (Cf. Jd 1,3). É ela que conserva a memória das Palavras de Cristo, é ela que transmite de geração em geração a confissão de fé dos apóstolos. Como uma mãe que ensina seus filhos a falar e, com isso, a compreender e a comunicar, a Igreja, nossa Mãe, nos ensina a linguagem da fé para introduzir-nos na compreensão e na vida da fé. (Catecismo da Igreja Católica)

Ver artigo A Igreja e a Bíblia do Pe. Arnold Damen.



Ver todas as aulas de catecismo do padre Paulo Ricardo.

Ver aulas de catecismo do prof. Carlos Ramalhete.

Catecismo popular do Papa São Pio X, publicado em 1905, elaborado com 1000 perguntas e respostas.


Download do catecismo completo de 1992 da Igreja Católica em PDF.
Download do compêndio do catecismo de 1992 em PDF com perguntas e respostas.
Download do catecismo ilustrado de 1910 em PDF.

João Paulo II
Fidei Depositum

Os Dez Mandamentos
Os 10 mandamentos da Igreja Católica

Credo Católico
Credo da Igreja Católica

Compêndio do catecismo externo e interno

A Hierarquia dos Anjos
segundo Dionísio e São Tomás de Aquino.

Didaqué, um catecismo do século I, a instrução dos 12 apóstolos.

Ver também catecismo e Igreja Católica na Wikipédia.

Ver artigo de Dom Estêvão Bettencourt: "O Catecismo da Igreja Católica".

Ver catecismo completo de 1992 no navegador (versão html).


Palavras-chave para pesquisa no catecismo:

aborto
adultério
amor de Deus
anjos
apocalipse
batismo
blasfêmia
castidade
corpo de cristo
demônio
embrião
espírito santo
filho de Deus
graça de Deus
graça e justificação
idolatria
impureza
intercessão dos santos
juizo final
mal e sofrimento
nova aliança
oração
pai nosso
palavra de Deus
pecado original
pena de morte
pessoa humana
prostituição
purgatório
reino de Deus
ressurreição
santidade
santíssima trindade
vida cristã
vida eterna
virgem maria
Imagem de Maria Santíssima PESQUISAR NOS ARTIGOS
Expressões mais frequentes encontradas no catecismo da Igreja.
"Estudando o 'Catecismo da Igreja Católica', pode-se captar a maravilhosa unidade do mistério de Deus, do seu desígnio de salvação, bem como a centralidade de Jesus Cristo, o Filho Unigênito de Deus, enviado pelo Pai, feito homem no seio da Santíssima Virgem Maria por obra do Espírito Santo, para ser o nosso Salvador.
Morto e ressuscitado, Ele está sempre presente na sua Igreja, particularmente nos sacramentos; ele é a fonte da fé, o modelo do agir cristão e o Mestre da nossa oração."
  PESQUISAR NA BÍBLIA ....
 
Veja como publicar as caixas acima em seu blog ou site
Fé e ciência convergem em busca da verdade? (56)
Doações são bem-vindas para manter e promover o site.

-= Grupo Católicos Online no Face =-
-= Cristãos Online no Face =-
Assine RSS Católicos Online

Agradeçamos a Deus de quem procede toda boa dádiva; queira Ele abençoar todo o trabalho realizado visando tão somente a sua glória.

As civilizações perecem não por falta de recursos e de conhecimentos, mas por falta de princípios morais. [John Spalding]

1Cor 11,27: "Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor."

Ora, como alguém pode comer sua própria condenação, se fosse apenas pão?

S. Paulo é taxativo:

1Cor 11,29: "Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação."

Só Vós, Senhor!


< center>

Catecismo Católico