||  Início  ->  O Pão da Vida na Eucaristia

O Pão da Vida na Eucaristia (12-08-2012)

Primeira Leitura:
HISTÓRICO: Primeiro Livro dos Reis (1Rs), capítulo 19
(4) e andou pelo deserto um dia de caminho. Sentou-se debaixo de um junípero e desejou a morte: Basta, Senhor, disse ele, tirai-me a vida, porque não sou melhor do que meus pais. (5) Deitou-se por terra, e adormeceu debaixo do junípero. Mas eis que um anjo tocou-o, e disse: Levanta-te e come. (6) Elias olhou e viu junto à sua cabeça um pão cozido debaixo da cinza, e um vaso de água. Comeu, bebeu e tornou a dormir. (7) Veio o anjo do Senhor uma segunda. vez, tocou-o e disse: Levanta-te e come, porque tens um longo caminho a percorrer. (8) Elias levantou-se, comeu e bebeu e, com o vigor daquela comida, andou quarenta dias e quarenta noites, até Horeb, a montanha de Deus.

Segunda Leitura:
EPÍSTOLAS DE SÃO PAULO: Epístola aos Efésios (Ef), capítulo 4
(30) Não contristeis o Espírito Santo de Deus, com o qual estais selados para o dia da Redenção. (31) Toda amargura, ira, indignação, gritaria e calúnia sejam desterradas do meio de vós, bem como toda malícia. (32) Antes, sede uns com os outros bondosos e compassivos. Perdoai-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou, em Cristo.
EPÍSTOLAS DE SÃO PAULO: Epístola aos Efésios (Ef), capítulo 5
(1) Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos muito amados. (2) Progredi na caridade, segundo o exemplo de Cristo, que nos amou e por nós se entregou a Deus como oferenda e sacrifício de agradável odor.
EVANGELHOS: Evangelho segundo São João (Jo), capítulo 6
(41) Murmuravam então dele os judeus, porque dissera: Eu sou o pão que desceu do céu.
(42) E perguntavam: Porventura não é ele Jesus, o filho de José, cujo pai e mãe conhecemos? Como, pois, diz ele: Desci do céu?
(43) Respondeu-lhes Jesus: Não murmureis entre vós.
(44) Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o atrair, e eu hei de ressuscitá-lo no último dia.
(45) Está escrito nos profetas: Todos serão ensinados por Deus (Is 54,13). Assim, todo aquele que ouviu o Pai e foi por ele instruído vem a mim.
(46) Não que alguém tenha visto o Pai, pois só aquele que vem de Deus, esse é que viu o Pai.
(47) Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna.
(48) Eu sou o pão da vida.
(49) Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram.
(50) Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer.
(51) Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo.
Homilia do Padre Paulo Ricardo : PLAYER AQUI
Homilia do Padre José Ruy:PLAYER AQUI
Presbíteros: Ver Roteiro Homilético
Ver Homilia de Dom Henrique Soares
Ver Homilia do Pe. Françoá Costa
Canção Nova: Homilia

Não Murmureis

 

No Antigo Testamento, ao povo que murmura no deserto, Deus responde com o dom do Maná. Agora, diante dos judeus que murmuram, Jesus responde com o dom de si, o Pão da Vida.

 

A murmuração é o pecado de destruir as alianças de amizade entre as pessoas através da maledicência. Murmurar (γογγύζω) contra Deus é destruir a amizade que as pessoas têm com Deus, abalando a fé no amor de Deus e implantando no seu lugar a dúvida, a desconfiança, o ressentimento.

 

O homem que murmura contra Deus é um verdadeiro pregador do anti-evangelho. Como Satanás, ele acusa Deus de falta de amor, abala a fé das pessoas e destrói a "obra de Deus" que é a fé no seu amor (cf. Jo 6,29).

 

Em cada Eucaristia renovemos a fé no Amor que se doa na Cruz como Pão descido do Céu.

Padre Paulo Ricardo