||  Início  ->  Preparai o caminho do Senhor

Preparai o caminho do Senhor (04/12/2011)

Primeira Leitura:
PROFETAS MAIORES: Livro de Isaías (Is), capítulo 40
(1) Consolai, consolar meu povo, diz vosso Deus. (2) Animai Jerusalém, dizei-lhe bem alto que suas lidas estão terminadas, que sua falta está expiada, que recebeu, da mão do Senhor, pena dupla por todos os seus pecados. (3) Uma voz exclama: Abri no deserto um caminho para o Senhor, traçai reta na estepe uma pista para nosso Deus. (4) Que todo vale seja aterrado, que toda montanha e colina sejam abaixadas: que os cimos sejam aplainados, que as escarpas sejam niveladas! (5) Então a glória do Senhor manifestar-se-á, todas as criaturas juntas apreciarão o esplendor, porque a boca do Senhor o prometeu. (6) Clama!, disse uma voz, e eu respondi: Que clamarei? Toda criatura é como a erva e toda a sua glória como a flor dos campos! (7) A erva seca e a flor fenece quando o sopro do Senhor passa sobre elas. (Verdadeiramente o povo é semelhante à erva.) (8) A erva seca e a flor fenece, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente. (9) Subi a uma alta montanha, para anunciar a boa nova a Sião. Elevai com força a voz, para anunciar a boa nova a Jerusalém. Elevai a voz sem receio, dizei às cidades de Judá: Eis vosso Deus! (10) Eis o Senhor Deus que vem com poder, estendendo os braços soberanamente. Eis com ele o preço de sua vitória, faz-se preceder pelos frutos de sua conquista, (11) como um pastor, vai apascentar seu rebanho, reunir os animais dispersos, carregar os cordeiros nas dobras de seu manto, conduzir lentamente as ovelhas que amamentam.
Segunda Leitura:
EPISTOLAS CATÓLICAS: Segunda Epístola de São Pedro (2Pd), capítulo 3
(8) Mas há uma coisa, caríssimos, de que não vos deveis esquecer: um dia diante do Senhor é como mil anos, e mil anos como, um dia. (9) O Senhor não retarda o cumprimento de sua promessa, como alguns pensam, mas usa da paciência para convosco. Não quer que alguém pereça, ao contrário, quer que todos se arrependam. (10) Entretanto, virá o dia do Senhor como ladrão. Naquele dia os céus passarão com ruído, os elementos abrasados se dissolverão, e será consumida a terra com todas as obras que ela contém. (11) Uma vez que todas estas coisas se hão de desagregar, considerai qual deve ser a santidade de vossa vida e de vossa piedade, (12) enquanto esperais e apressais o dia de Deus, esse dia em que se hão de dissolver os céus inflamados e se hão de fundir os elementos abrasados! (13) Nós, porém, segundo sua promessa, esperamos novos céus e uma nova terra, nos quais habitará a justiça. (14) Portanto, caríssimos, esperando estas coisas, esforçai-vos em ser por ele achados sem mácula e irrepreensíveis na paz.
EVANGELHOS: Evangelho segundo São Marcos (Mc), capítulo 1
(1) Princípio da boa nova de Jesus Cristo, Filho de Deus. Conforme está escrito no profeta Isaías:
(2) Eis que envio o meu anjo diante de ti: ele preparará o teu caminho.
(3) Uma voz clama no deserto: Traçai o caminho do Senhor, aplanai as suas veredas (Mal 3,1, Is 40,3).
(4) João Batista apareceu no deserto e pregava um batismo de conversão para a remissão dos pecados.
(5) E saíam para ir ter com ele toda a Judéia, toda Jerusalém, e eram batizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados.
(6) João andava vestido de pêlo de camelo e trazia um cinto de couro em volta dos rins, e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre.
(7) Ele pôs-se a proclamar: 'Depois de mim vem outro mais poderoso do que eu, ante o qual não sou digno de me prostrar para desatar-lhe a correia do calçado.
(8) Eu vos batizei com água, ele, porém, vos batizará no Espírito Santo.'
Ver Roteiro Homilético

Catequese Bíblico-Missionária

Preparai o caminho do Senhor

A Realidade

Para os meios de comunicação, preocupados apenas com a movimentação da economia, o Natal será bom ou ruim dependendo do quanto se vai gastar. Consumo maior, mais a economia se movimenta e a riqueza aumenta. Isso é o que lhes interessa. Se também, quanto mais circula, mais a riqueza se concentra, não importa. É preciso consumir para que ela circule.

Nós vamos celebrar a vinda de Jesus. Como? Com comidas finas e roupas elegantes? Como preparar a vinda do Salvador? Ou o nosso mundo não precisa mudar, não precisa de Salvador?

A Palavra

O início do Evangelho ou começo da Boa Notícia de Jesus como messias é a figura de João Batista e a simplicidade de sua ação e de sua pregação. Ele vem preparar o caminho do Senhor. O poema do Segundo Isaías, que ouvimos na Primeira Leitura, celebra a volta do cativeiro da Babilônia. Os caminhos a serem preparados no deserto são os caminhos da liberdade, da dignidade e da paz.

A ação de João Batista é levar as pessoas a reconhecer seus pecados e a passar pelas águas do rio como sinal de vida nova. Sua pregação é simples, é a metanoia, meta, mudança, noia, de cabeça, de maneira de pensar, de mentalidade. A única coisa necessária para preparar a vinda do Senhor é essa mudança.

A figura de João Batista é pregação viva e atualíssima. Se hoje nos deixamos levar quase que irresistivelmente pelo consumismo, João aparece vestido do mais rústico tecido, a lã de camelo, e alimentando-se do que é o extremo oposto de muitas das nossas ceias de Natal.

O Mistério

A Eucaristia não celebra o consumismo que discrimina e separa os que nada têm daqueles que têm com abundância. Celebra a partilha do Pão da igualdade. Nosso pão sem fermento, nossas hóstias de hoje, empobreceram muito o simbolismo da mesa comum. Mas também a pobreza dos símbolos nos aponta para a pobreza pregada pelo Batista.

A Missa não é um espetáculo, não pode pretender ser um espetáculo. É e deve ser na sua singeleza um apelo à metanoia, à mudança de mentalidade, a tirar da cabeça as ideias de consumismo, que levam diretamente à de competição.

É a partilha de si que faz que a salvação chegue ao nosso mundo. Aqui fazemos o mesmo que ele fez naquela Ceia derradeira.

Pe. José Luiz Gonzaga do Prado, Diocese de Guaxupé-MG