SACERDóCIO (7213)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Sacerdócio - Como discernir a vocação sacerdotal? - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Discernimento Vocacional

Como discernir a vocação sacerdotal?
O jovem que busca encontrar a resposta para sua dúvida vocacional antes de tudo deve ser íntimo de Deus.

Primeiro passo:
É necessário compreender uma coisa: a natureza de cada um. Ou seja, tem que haver uma capacidade mínima de exercer o ministério sacerdotal.
A pessoa não pode ser, por exemplo, excessivamente tímida diante de um microfone. Ou se não tem jeito para os estudos. Esse primeiro nível é o nível dos talentos naturais.

Segundo passo:
É necessário ter uma vida espiritual. É preciso se aproximar de Deus.
O que desvia da vocação sacerdotal é a falta de Deus. Confissão frequente. Comunhã diária. Estudo da doutrina da Igreja. Leitura da vida dos santos...
O sacerdócio não foi inventado por homens. Há modelos... e estes devem ser os padres santos, canonizados e reconhecidos pela Igreja. Por isso a leitura da vida de santos sacerdotes é muito recomendável.

É preciso distinguir e isto é o mais difícil: você admira o sacerdócio ou tem real vocação para ele?
O sacerdócio precisa passar por esse teste de fogo: se o sapato cabe no pé. É preciso ver se existe ALEGRIA na entrega da sua vida a Deus.
Se há um fardo nessa entrega, ou há necessidade de conversão ou não há vocação.
É preciso discernir entre dificuldades para viver uma vida cristã (crise de conversão) e crise vocacional.

Não existe remédio mágico para o discernimento vocacional; é preciso tempo para ver como as coisas caem no coração de cada um.

Uma vez um sacerdote disse uma coisa absurda: não me sinto chamado para o matrimônio mas ao mesmo tempo acho que não dou conta de viver a castidade.
Ora, o que ele está dizendo é que ele não nasceu para amar, não quer aliança de amor com ninguém, nem pessoa (matrimônio) nem Deus (castidade). O que falta é conversão.

Ou se dá a vida para Deus através do matrimônio, da família, ou se dá a vida para Deus através do sacerdócio, da vida monástica... ninguém nasceu para ficar com a vida para si mesmo, para aproveitá-la egoisticamente.
Muitas vezes as dificuldades estão no discernimento da conversão, necessária para que tenhamos o discernimento da vocação.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
14 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)