PRáTICA CRISTã (4799)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Prática Cristã - Casamento em Crise - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Casamento em Crise

O que fazer com o casamento uma vez que o sentimento desapareceu?

Muitos ficam admirados quando o 'sentimento' que chamam de 'amor' vai-se.
Amor não é sentimento e se esse 'sentimento' está acabando, graças a Deus, pois agora chegou a hora de AMAR o outro.

O corpo, como em todos os animais, não é capaz de amar. Eles têm sensações físicas e corpóreas.
O ser humano é alma + corpo, matéria + espírito. Nessa sintonia, podemos fazer algo que só Deus é capaz: poder amar.
E o que é o amor?
Ele nos foi revelado por NSJC na cruz. Uma aliança em que as pessoas se unem e digam, 'eu amo você apesar de você, vou dar-lhe a minha vida para que você encontre a verdadeira felicidade eterna.'

O 'sentimento', que é algo do corpo, sempre some em tudo. Seja afeto, seja instinto sexual. Nosso corpo não é capaz de sustentar a mesma realidade o tempo todo.
Por exemplo, um pudim... a primeira vez é uma coisa incrível. Mas depois de uma dúzia, não há como 'sentir' a mesma sensação.

Os 'sentimentos' são como um vôo de galinha. À medida que os anos passam, começam aquelas acusações: 'não sou feliz por sua culpa...'. Isto acontece com todos e é quando os sentimentos diminuem que entra em ação o verdadeiro amor que funciona como uma aliança, em que um não desiste do outro.
Esta é a grande diferença entre o dar algo de mim, a doação que é o amor e um prazerzinho egoísta!
Se estou com alguém porque ela me dá prazer, então o casamento é uma espécie de masturbação a dois. O amor é desinteressado!

Na vida espiritual ocorre algo semelhante. Após a conversão, há alegria pois é tão bom estar ali com Deus! Após um tempo, as sensações vão diminuindo e não conseguimos mais 'sentir Deus'. É aí que entra o amor, mesmo não querendo passar duas horas na frente do sacrário de joelhos, eu vou porque Vos amo. É o momento da perseverança.
Quando você fica com alguém POR DEUS, então você chegou no ponto de amar.

Amar uma pessoa é querer que ela um dia esteja no céu com Deus, desejar a salvação eterna dela. Pois bem, eu me dou, eu me entrego, sou capaz de renunciar algo para que aquela pessoa se aproxime de Deus... é então que acontece o milagre do amor.

Imaginemos dois casais, um que acaba de se conhecer na danceteria da boate vazando hormônios... e um casal que está junto há 50 anos.
Quem tem mais 'sentimentos'? Quem tem mais amor?

Se o seu 'sentimento' desaparceu, não perca essa chance, pois agora é a vez de amar.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
8 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)