PRáTICA CRISTã (2131)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Prática Cristã - E quando não sentimos Deus? - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

01 – Pergunta do Aluno: “Como enfrentar os momento de deserto na vida de oração?”

Como enfrentar os momento de deserto e de noite escura, onde não temos gosto pela oração e nem sentimos Deus?

O sentir Deus é uma graça, porém é uma graça ainda no início da conversão.
Quem já fez alguma experiência de Deus no âmbito da renovação carismática ou de alguma seita ou comunidade eclesial pentecostal, essas pessoas estão fixadas na necessidade de sentir, dos sentimentos, de sentir a presença de Deus. Isso não é ruim, é coisa boa e Deus concede isso no início da caminhada, PORÉM, é necessário passar por um período de purificação que chamamos de 'noite escura da alma', 'ausência de Deus'... porque Deus não quer que seus dons atrapalhem nosso amor por Ele.
É necessário tirar a mamadeira para que a criança cresça espiritualmente; ou seja, não devemos nos fixar nos presentes que Deus nos dá.
É como uma noiva que se acostume com muitos presentes e pode chegar a um ponto que ela ame mais os presentes que o próprio noivo.

Finalmente, é importante saber que a oração feita nesse estado de aridez, de deserto, de secura, diante de Deus ela tem mais valor que a oração realizada nos momentos cheios de consolações, pois é de um amor mais arraigado, mais desapegado, que não busca recompensa.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)