APOLOGéTICA (2118)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Apologética - Para que confissão, se já estou arrependido? - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

A confissão é necessária uma vez que estou arrependido?

Diz o Catecismo da Igreja Católica: “O sacramento da Penitência é constituído de três atos do penitente e da absolvição dada pelo sacerdote. Os atos do penitente são o arrependimento, a confissão ou manifestação dos pecados ao sacerdote, e o propósito de cumprir a penitência e as obras de reparação.”(CIC 1491)
Se Deus oferece ao cristão católico um caminho seguro, certo, infalível para o perdão dos pecados é lícito que se procure outros meios ou que se use aqueles disponíveis apenas pela metade?

Essa é uma objeção sempre repetida pelos protestantes.
E já foi respondida no Concílio de Trento durante o pontificado do papa Paulo III, que fez um decreto sobre a justificação.

Nosso Senhor INSTITUIU a penitência como um segundo caminho de salvação e remissão dos pecados, quando NSJC soprando sobre os apóstolos e disse:
"Recebei o Espírito Santo, a quem perdoardes os pecados eles serão perdoados, a quem os retiverdes serão retidos", Jo 20,22.
Essa frase de Jesus nos diz claramente a intenção de Nosso Senhor, ao soprar sobre os apóstolos e dando a eles a autoridade de perdoar pecados.
Portanto, aqueles a quem não perdoardes, não serão perdoados.
Essa é a fé da Igreja apostólica.

Mas notem, o Concílio de Trento está falando da segunda forma ordinária de que Deus tem de perdoar nossos pecados. A segunda tábua depois do naufrágio da graça perdida.
A primeira é o batismo. A segunda é a confissão.
Sto Ambrósio também citado no catecismo diz que 'o perdão dos pecados pode ser concedido pela água (do batismo) e pelas lágrimas (do arrependimento)'.
O arrependimento é o chão sobre o qual se baseia o sacramento da penitência.
Não basta ir ao sacerdote, não há mágica, sem o verdadeiro arrependimento e a confissão.
Os protestantes estão corretos quando salientam a necessidade do arrependimento, mas não estão corretos quando dizem que só isso basta.

Uma ressalva: quando não é possível a confissão sacramental, o penitente já está arrependido e deseja fazê-la ao seu tempo, já ali existe um perdão dos pecados.

Deus assim nos dá caminhos de salvação por meio dos sacramentos.
Se quisermos o perdão dos pecados, estamos vinculados, temos que procurar o caminho dos sacramentos.
Isso não quer dizer que Deus não tenha outros caminhos. Ele pode ter outros caminhos de perdoar os pecados, desconhecidos para nós.
A nós não cabe inventar novos caminhos, mas cabe seguir o caminho que Ele nos deixou em Jo 20,22.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)