O QUE É? (207)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Halloween

 

O Natal é uma festa cristã que a Igreja criou por cima de uma festa pagã. E não vemos mal nenhum nisso.

O Halloween é uma festa cristã que a Igreja criou por cima de uma festa pagã. E só vemos mal nisso por preconceito e falta de informação.

Não, caríssimos, não é só Todos os Santos que é uma festa cristã. Halloween também. Originalmente, a festa de Todos os Santos, até os anos 50 do século XX, tinha uma vigília, All Hallows Eve, cuja contração é Halloween.

Mas o Halloween foi repaganizado no tempo atual! Ora, o Natal também. Se bruxos e satanistas roubaram o Halloween dos cristãos, materialistas nos roubaram o Natal. E deixamos de comemorar o Natal por isso? Não! Nós mantemos o Natal porque é nosso!

Mantenhamos o Halloween porque também é nosso.

E assim como manter e recristianizar o Natal NÃO implica em expulsar a ceia, os presentes e o Papai Noel, mas colocá-los em seu devido lugar e dar-lhes o sentido cristão original, manter e recristianizar o Halloween NÃO implica em expulsar a abóbora, a decoração de terror e as crianças fantasiadas de monstro, mas colocá-los em seu devido lugar e dar-lhes o sentido cristão original.

O Papai Noel pode conviver com o Nascimento de Cristo, desde que saibamos que ele é um SÍMBOLO, e que indica a generosidade que devemos ter por ocasião da vinda do Salvador, que ele foi criado a partir da figura de São Nicolau, um Bispo católico etc.

Do mesmo modo, as crianças fantasiadas de monstro podem conviver com a espera vigilante pela festa de Todos os Santos, desde que saibamos que isso é um SÍMBOLO, e que indica que o mal sempre perde a ponto de uma inocente criança, que é cheia da graça, vencê-lo, demonstrando-o mediante o deboche das fantasias.

Pagãos modernos usam o Halloween para fazer merda? Ora, pagãos modernos usam o Natal do mesmo modo.

E se podemos evitar o Natal paganizado e desconexo do Nascimento de Cristo, podemos evitar o Halloween distorcido pelas Wicca da vida e pelos satanistas. O abuso não tolhe o uso!

Que pagãos façam as maldades a que estão acostumados, mas não deixemos que eles sequestrem as NOSSAS festas, seja o Natal, seja o Halloween.

Se você, de qualquer modo, se incomoda com o Papai Noel no Natal e com as crianças fantasiadas de monstro no Halloween, ok, é seu direito não adotar isso, pois são meros símbolos. Desde que não ache que eu, por ter Papai Noel no Natal e criança fantasiada de monstro no Halloween, sou um pagão, um satanista, ou menos cristão.

Assim como ensino meus filhos que o Nascimento de Jesus é mais importante do que Papai Noel sem tirar o Bom Velhinho da festa, mas mostrando que ele é um mero símbolo, ensino meus filhos que se fantasiar de monstro é um costume irlandês - e temos sangue irlandês na família da Aline-, surgido entre CATÓLICOS da ilha, para mostrar que o mal é vencido pela graça - que está nas crianças batizadas até a idade da razão de modo muito forte.

Vamos aqui no dia 2 de novembro rezar por nossos mortos que estão no Purgatório. No dia 1º de novembro, vamos rezar aos mortos que estão no céu e venerá-los como intercessores junto do trono de Cristo. E na noite do dia 31 de outubro, debochar do mal que leva mortos ao inferno sabendo que ele nunca é vencedor, e só a Cruz é vitoriosa. O tríduo de Halloween/Todos os Santos/Finados (All Hallows Eve, All Saints e All Souls, em inglês) é comemorado com intensidade e simbolismo aqui.

Rafael Vitola Brodbeck


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
1 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)