Pregações: Parresía - Homossexualismo e Ideologia Gay - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Homossexualismo e Ideologia Gay

Infelizmente, o STF aceitou a união dos homossexuais. O que pensar como católico?
É preciso separar duas coisas: o homossexual réu e concreto x a ideologia gay.
Gay é quem está engajado politicamente: acabar com o patrimônio cultural e moral do cristianismo. E há muita grana por trás.
A decisão do STF foi uma vitória da ideologia gay, mas uma derrota para o homossexual que vive seu drama pessoal.
É porque a Igreja ama os homossexuais que ela diz: pare de se fazer mal, apoiada no testermunho das escrituras.
A IC não condena quem tem tendências homossexuais que devem ser acolhidos com compaixão, sem lugar para a discriminação.
Vaticano, 01/out/1986, carta assinada pelo cardeal Ratzinger: Sobre o cuidado pastoral das pessoas homossexuais.
O grande inimigo do homossexualismo é a ideologia gay, grande vencedora no STF: união homo = união hétero.

Ratzinger em 3 jun 2003 (aprovada pelo beato JP2): carta sobre o reconhecimento legal das uniões de homossexuais.
Não é escrito para quem tem fé, mas usa só a razão:
"Nenhuma ideologia pode cancelar do espírito humano a certeza de que só existe matrimônio entre duas pessoas de sexos diferentes".
No fim, a ideologia gay perderá porque é impossível mudar a realidade. De homem com homem não sai nada.
Infelizmente nosso governo apóia esssa ideologia desavergonhadamente.
A cultura ideológica gay é uma cultura de morte, auto-destrutiva. A realidade comprova sua auto-destruição, as estatísticas nos EUA o comprovam.

E o que fazer como católico?
A brecha maior está na nossa constituição ao reconhecer direitos para "uniões de fato" que permite tais "uniões" ter o mesmo direito que o matrimônio!
E o dever de tutelar as famílias também na constituição? Desprezado. Os únicos que ainda defendem a família são os cristãos.

A sociedade fora da IC já não é mais cristã e os católicos devem começar arrumando a casa.
Devemos nos UNIR em torno do Papa.
Infelizmente, a situação da Igreja no Brasil está dividida qdo se fala de comunhão real, afetiva e efetiva com o sucessor de Pedro e que aflorou na questão do aborto na última eleição.
De um lado temos uma ideologia sólida, compacta, articulada e financiada... e do outro lado, meia dúzia de católicos que fazem alguns protestos na Internet.
Como se opor?
Devemos fazer a tarefa de casa primeiro, na Igreja, nos convencer de qual é a nossa fé e ficar UNIDOS ao Papa que já se manifestou claramente a respeito!
"As portas do inferrno não prevalacerão contra a Igreja"... mas é necessário FÉ para que a graça de Deus se manifeste.

A ideologia gay é um canto de sereia que leva para uma fantasia infantil em que o homossexual pensa que vai encontrar "a pessoa encantada dos meus sonhos" ... e o que encontra no mundo real é morte e destruição.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Revista Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)