SACRAMENTOS (5992)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Sacramentos - Confissão Comunitária - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Confissão Comunitária

Há uma legislação na Igreja sobre a confissão. Os padres não podem inventar.

Primeiro, não se chama assim. Chama-se absolvição coletiva.
Só existe uma forma ordinária de receber o perdão dos pecados: confissão individual e oral.
Há, porém, duas exceções:
Em perigo de morte o padre pode dar uma absolvição coletiva.
Locais onde não há padres suficientes à disposição para confessar a todos individualmente.

Em locais urbanos, onde há padres, não é admitida a absolvição coletiva. Ela é bem específica e não é algo que se coloque no calendário paroqual ou se possa prever.

"Mas tem muitos padres fazendo!"
Errado, pois a disciplina da Igreja e do Papa não é essa.

O Papa insistiu duas vezes na confissão regular. Os padres devem se sentar generosamente no confessionário!

A disciplina da Igreja afirma:
1- o lugar da confissão é o confessionário, não é o escritório paroquial.
2- no confessionário deve haver uma grade fixa.

E onde estão os confessionários?
O pessoal aboliu tudo. Aboliu sem licença do santo padre, e da disciplina da Igreja!

O Papa diz claramente: onde há mais de um sacerdote, enquanto um celebra Missa o outro deve sentar-se no confessionário.
Confissão com hora marcada parece sessão de terapia. Não é pra ser assim.

Por fim, é necessário que tenhamos fé na ação do sacramento que vem pela absolvição.
Ou seja, a essência do sacramento não é o confessionário, mas o perdão que recebemos de Deus.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Online Católica
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
12 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)