PRáTICA CRISTã (6686)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Prática Cristã - Como se Livrar do Vício da Masturbação - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Como se Livrar do Vício da Masturbação

Em todas as circunstâncias, ela sempre é considerada pecado grave pela Igreja, princípio geral válido há séculos.
O catecismo da Igreja atesta isso de forma inequívoca. Esse é o princípio geral.
Mas embora ela seja objetivamente grave, ela pode ser subjetivamente diferenciada.
Para avaliar a situação de cada um, é preciso considerar uma série de coisas.

Há detalhes a serem considerados, pois para pessoas diferentes ela significa coisas diferentes e pode ser sintoma de causas mais amplas.
A masturbação tem raiz e causa, em cada pessoa, diferentes.

No catecismo há uma lista de situações para diminuir a culpabilidade da masturbação. É uma lista interessantíssima pois bate uma radiografia sobre como as pesoas tornam-se escravas do pecado:

1) a imaturidade afetiva.
Uma das primeiras coisas a serem enfrentadas é a imaturidade afetiva da qual a masturbação pode ser um sintoma.
Quando a masturbação é uma expressão da imaturidade afetiva, é esta que deve ser combatida e a pessoa precisa entrar no mundo adulto.
Isso é bastante frequente e a essas pessoas vivem essa realidade da masturbação como uma espécie de refúgio infantil, uma vontade de voltar para a infância, pois o mundo é cruel, exige renúncia... e a masturbação torna-se uma tentativa de fuga da realidade.
Como todo pecado, é uma promessa de felicidade que não se realiza.
O principal órgão sexual que temos é o cérebro, que o diabo usa para nos arrastar para o pecado através de uma mentira, uma felicidade que nunca acontece.
Essa mentira básica precisa ser desmascarada para que a pessoa volte para a realidade.
Solução: a maturidade de cravar os pés no chão, tornar-se adulto.

2) a força dos hábitos contraídos.
Quando a pessoa se dá conta que tornou-se um escravo do vício, surge a oportunidade para se libertar do pecado, dessa escravidão, através da cruz de Cristo.
Somos incapazes diante do mal. O homem não tem capacidade para vencer o pecado. Mas Cristo nos liberta. Então, peça.
Solução: somos impotentes de vencer o mal, então peçamos a Cristo pela virtude da castidade. Pedir com força, como quem acredita!

O pecado sempre nos acorrenta e Cristo sempre nos liberta.

3) estados de angústia e fatores psíquicos ou sociais
Por que as pessoas se angustiam?
É necessário que se tenha uma visão mais ampla, desse mundo angusto, desse mundo apertado e sem céu.
A felicidade não se encontra nesta terra, mas no céu.
Peca-se porque as pessoas querem o céu aqui e agora... e busca-se a felicidade no lugar errado.
Quantas pessoas se masturbam por frustração e angústia!
Pergunta-se: vale a pena o prazer obtido pela vida que se leva? A maioria nos confessionários responde não.

O sexo está ligado à capacidade de amar e maior é a escravidão, menor é a capacidade de amar. Existe algo de desesperador em uma pessoa solitária que usa a energia que Deus nos deu para amar, para o outro, na masturbação.

O que fazer?
1) Desmascarar a mentira do inimigo de uma felicidade que ele não dará.
2) Abraçar a cruz de Cristo, fazer penitência e pedir, suplicar a graça da castidade.
3) Crer e esperar no céu verdadeiro, prometido por Deus.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Revista Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
#0•A878•C56   2011-08-17 15:39:52 - Convidado/Gabi
Esse artigo me ajudou muito agora eu só vou seguir à DEUS

Responder


:-)