REVISTA PeR (1595)'
     ||  Início  ->  
Artigo

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 504 – junho 2004

O EUROPEU MAIS INFLUENTE

 

Por via eletrônica PR recebeu a seguinte notícia:

 

JOÃO PAULO II, O EUROPEU MAIS INFLUENTE DOS ÚLTIMOS 25 ANOS

 

Londres, 27mar (RV) - O Papa João Paulo II foi indicado como o europeu mais influente dos últimos 25 anos. Segundo uma pesquisa realizada pelo jornal britânico Financial Times, para festejar o 25° aniversário da edição européia. Depois do Papa aparecem o último presidente da União Soviética, Mikhail Gorbatchov e a ex-primeira-ministra britânica, Margaret Thatcher.

 

Os resultados da pesquisa serão publicados num número especial do jornal neste domingo. Realizado entre mais de 40 mil pessoas, o estudo indica também Daniel Vasella, presidente de Novartis, como o homem de negócios mais influente dos últimos 25 anos. Em segundo lugar, Heinrich von Pierer, administrador da Siemens. O jornal concentra a sua atenção nas mudanças do mundo dos negócios europeu, da política e da sociedade nos últimos 25 anos, analisando os desafios ligados ao alargamento da União Européia, à introdução do euro e da constituição.

 

COMENTANDO... A ORIGEM DO APELATIVO "PAPA"

 

O apelativo "Papa" vem do grego Pappos, vocábulo que designa o pai com veneração afetuosa; neste sentido já se encontra nos escritos de Homero (séc. IX a.C). Passou para o Ocidente cristão no início do século III como designativo dos Bispos. É no século III mesmo que o Bispo de Roma aparece com tal título pela primeira vez; com efeito, reza uma inscrição do diácono Severo nas catacumbas de Calixto: "... iussu papae sui Marcellini (por ordem do papa Marcelino)". Note-se que Marcelino governou a Igreja de 30/6/296 até 25/10/304: a expressão "seu papa" significa que havia outros "Papas" ou outros Bispos intitulados "Papas".

 

No decorrer do século V o apelativo passou a ser peculiar dos bispos de Roma. No século VI o chanceler do Patriarcado de Constantinopla dirigiu ao Bispo de Roma o apelativo "Papa". A partir de fins do século VIII, os próprios Bispos de Roma aplicam a si o título sem o especificar, Gregório VII (1073-1085) nos seus Dictatus Papae determinou que o título ficaria reservado ao Bispo de Roma.

 

A expressão "Santo Padre" hoje em dia muito usual data do século XII. Quanto aos dizeres Pater Patrum (Pai dos Pais), freqüente no Norte da África para significar o Bispo de Roma, data dos séculos VI e VII.

 

 

 

Estêvão Bettencourt O.S.B.


Pergunte e Responderemos - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)