NOTíCIAS (1792)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Enquanto todos se embebedam com os palestinos na ONU, os Cristãos continuam sendo mortos e esquecidos

Por Jefferson Nóbrega 

Em todos os lugares, em todos os meios de comunicação, todos os holofotes estão voltados para os palestinos. As lentes pertencem à causa palestina. A esquerda possui um "grande amor" por eles, não porque são "oprimidos", "massacrados" e  "perseguidos", mas porque são a grande oportunidade de enfrentar, de atacar com todas as forças, e com todas as armas midiáticas, os EUA e Israel.

Se eles lutam pelos "direitos humanos" dos palestinos, por serem indefesos e perseguidos, porque não demonstram o mesmo interesse com o povo mais perseguido de todos? Qual povo? Os cristãos dos países islâmicos.

 

Eles estão esquecidos, entregues a própria sorte, e não são dignos de atenção dos órgãos internacionais, justamente porque a esquerda possui ódio deles. Ódio por serem o principal entrave para a secularização, e consequentemente o triunfo comunista.

 

Dessa forma, enquanto todos se compadecem dos palestinos, os Cristãos da Nigéria, por exemplo, são massacrados todos os dias.  Para terem uma idéia da situação, relato-vos alguns casos:

 

10 de setembro: Nos arredores de Jos, muçulmanos atacaram uma aldeia cristã e mataram 14 pessoas de uma mesma família.

 

11 de setembro: Enquanto o mundo falava das torres gêmeas, um carro-bomba tendo como alvo os Cristãos, explodiu em Jos.

 

12 de setembro: Na cidade de Maiduguri, homens armados do Boko Haram invadiram um bar e fuzilaram um homem e feriu outro, o grupo justificou a ação afirmando que as bebidas alcoólicas são condenadas pelo Islã.

 

14 de setembro: Membros do Boko Haram mataram 4 cristãos e feriram mais 3 pessoas também em Maiduguri.

 

18 de setembro: Na cidade de Kaduna, muçulmanos atacaram uma aldeia cristã matando 3 e ferindo 8 pessoas.

 

22 de setembro: Na região do Delta do Níger, explodiram vários episódios de ataques aos cristãos que são minoria na localidade.

 

10 de outubro: Jogador colombiano Juan Pablo Pino é preso na Arábia Saudita por exibir tatuagem de Jesus!

 

Eis pequenos exemplos, restritos mais à Nigéria e que não chegam a ser nem a ponta do iceberg. Eis o povo ignorado simplesmente porque denunciar o Islã é politicamente incorreto.

 

Jefferson Nóbrega blog In Praelio com informações do Strategy Page

 


Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)