MARIA SANTíSSIMA (1857)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Cursos: Ao Vivo - Aula 7: Devoção à Maria Santíssima IV - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Aula 7: Devoção à Maria Santíssima IV

Gravação da aula ao vivo sobre o tratado da verdadeira devoção à Santíssima virgem Maria, parte 4. 'Toda nossa perfeição consiste em sermos conformes NSJC e nos unirmos e nos consagrarmos a Ele'. Ou seja, dizer que Jesus é o SENHOR, e nós precisamos nos moldar a Ele, deixarmo-nos conduzir. E como fazer isso? Por Maria que melhor do que ninguém sabe como fazer isso.

A aula passada foi o capítulo 4, o centro.
Existem outros métodos de consagração à Nsa Senhora. Mas São Luís foi inspirado por Deus de uma forma brilhante. O método não foi inventado por S. Luís, mas foi compilado por ele de uma forma teologicamente genial.
São Luís de Montfort uniu três tendências de sua época. O século em que ele viveu estava saindo da época barroca, enfrentando o século das luzes (racionalismo, procurar explicações racionais etc.) e a espiritualidade popular. Ele conseguiu pelo espírito pastoral e de santidade dar respostas a todos.
A genialidade está em que com um método de dedicação total à Virgem Maria ele consegue deixar claro o Cristocentrismo dessa devoção.
Como está no tratado: 'Consagração à Jesus Cristo, a sabedoria encarnada, pelas mãos de Maria'.
A verdadeira devoção tem como objeto último e final dessa consagração a Jesus Cristo, Deus, a sabedoria encarnado. Maria entra como método (caminho) para nos entregarmos a Jesus Cristo nosso Senhor, finalidade de todo cristão.
S. Luís coloca no tratado a experiência dele e de muitos santos que vieram antes dele.

São Luís compreendia a dificuldade dessa entrega a Jesus.
É fácil falar 'me entrego a Deus', mas na hora em que Deus manifesta sua vontade, a pessoa esperneia por causa do pecado original.
O método é claro: vou me entregar a Jesus pelas mãos de Maria.

A aula de hoje é sobre o capítulo 7.
Quais os efeitos dessa devoção numa alma fiel?
Se você for fiel a essa consagração, obterá os seguintes efeitos:
1- conhecimento e desprezo de si mesmo; o conhecimento de si mesmo nos leva de forma cabal a admitir que se Deus tratar você conforme você merece, o lugar que você merece é o inferno. Qualquer pecado, por menor que seja, é incompatível com a santidade de Deus.
2- a participação na fé de Maria; Maria é o exemplo mais perfeito de fé. Jesus confiava em Deus, mas não podemos dizer que Ele tinha fé como a fé humana, pois Ele era também Deus. A fé perfeita das criaturas nós a encontramos na Virgem Santíssima. Consagrando-nos a ela, ela gera em nós a fé que ele tinha.
3- a graça do puro amor; O puro amor é uma coisa difícil... fazendo-me escravo de Maria, isto gera em mim não um amor de escravo mas um amor de filho.
4- grande confiança em Deus por Maria; como o filho entregue nos braços de sua mãe. Assim, a confiança nela fará com que tenhamos uma confiança total em Deus, como ela tinha.
5- comunicação da alma e do espírito de Maria; 'Minha alma engrandece ao Senhor. Meu espírito exulta em Deus, Salvador'. Temos uma participação na fé e através de sua alma.
6- transformação das almas em Maria, à imagem de Jesus Cristo; é como fazer uma estátua por meio de um molde sem ter que ser um grande artista, onde a estátua é Jesus Cristo e o molde perfeito é Maria Santíssima. O que sai da forma (o útero de Maria) é moldado fielmente à imagem Jesus.
7- maior glória a Nosso Senhor Jesus Cristo; quem dá mais a Maria dá mais a Deus, para que Deus seja louvado e amado no coração das pessoas.

Capítulo 8
As práticas exteriores. É importante entender que elas são um auxílio para a prática interior da consagração. Pelo método entregamos TUDO à Virgem Santíssima, as faculdades, todos os bens espirituais, as dificuldades... esta é a essência da consagração.
A entrega total à virgem Maria não exige que se acrescentem mais e mais devoções práticas. Isto não é a essência. A essência é a entrega total que as práticas exteriores devem favorecer.

O esquema de S. Luís leva 30 dias.
No site destinado à consagração, vamos ajudar as pessoas a realizar esse esquema e realizar as orações preparatórias.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)