MARIA SANTíSSIMA (1243)'
     ||  Início  ->  
Artigo

MARIA, MÃE DE DEUS

MARIA É MÃE DE DEUS, DIZ A BÍBLIA

A Bíblia nos mostra quatro grandes passagens em que diz claramente que Maria é a Mãe de Deus. Vejamos:

1 - O profeta Isaías escreveu: "Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel [Deus conosco]." (Is 7,14). Se ela deu à luz ao Deus conosco, logo ela é a mãe do ‘Deus conosco’. Mais claro que isso impossível.

2 - Cheia do Espírito Santo, Santa Isabel saudou Maria dizendo: "Donde a mim esta dita de que a mãe do meu Senhor venha ter comigo"? (Lc 1,43) Isabel usou a expressão ‘Mãe do meu Senhor’. Quem era, pois, o Senhor de Isabel senão Deus? Ou ela tinha outro senhor? 

A Bíblia é clara quando diz em 1Reis 8,60 e Deut 4,39: “...só o Senhor é Deus!”. Isabel quando pronunciou essas palavras não disse por opinião própria, ela estava cheia do Espírito Santo, ela declarou que Maria é a Mãe de Deus.

3 - O Arcanjo Gabriel disse: "O Santo que há de nascer de ti será chamado Filho de Deus" (Lc 1,35). Se ele é filho de Deus, ele também é Deus e Maria é sua Mãe, portanto Mãe de Deus. Isaías também escreveu o mesmo em Is 7,14.

4 - São Paulo ainda escreveu: "Mas, vindo à plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei." (Gl. 4,4). São Paulo claramente afirma que uma mulher foi a Mãe do filho de Deus, portanto Mãe de Deus.

NOTA IMPORTANTE:

Alguns protestantes não ‘digerem’ o termo Mãe de Deus porque pensam ser impossível que Deus tenha uma mãe, porque Ele sempre existiu desde toda eternidade, e não poderia ser gerado. Vamos analisar isso com inteligência: 

Há em Nosso Senhor Jesus Cristo duas naturezas: a humana e a divina, constituindo uma só pessoa, a pessoa de Jesus. Nossa Santa Mãe é mãe desta pessoa, dando a ela somente a parte material, como nossa mãe também o faz. Ela não é a mãe da Trindade, mas é mãe de Cristo, a segunda pessoa da Santíssima Trindade, que também é Deus. Sendo Jesus Deus, Maria é Mãe de Deus. Negar que Maria é mãe de Deus, é negar que Jesus é Deus.

Basta um pequeno raciocínio para reconhecer como necessária a maternidade Divina da Santíssima Virgem. Nosso Senhor morreu como homem na Cruz (pois Deus não morre), mas nos redimiu como Deus, pelos seus méritos infinitos. Ora, a natureza humana de Nosso Senhor e a natureza divina não podem ser separadas, pois a Redenção não existiria se Nosso Senhor tivesse morrido apenas como homem. Logo, Nossa Santa Mãe, Mãe de Nosso Senhor, mesmo não sendo mãe da divindade é Mãe de Deus, pois Nosso Senhor é Deus.

Se negarmos a maternidade de Nossa Senhora, negaremos a redenção do gênero humano. A negação da Maternidade divina de Nossa Senhora é uma negação à Verdade, uma negação ao ensino dos Apóstolos de Cristo!

Paulo Lelis

Fonte: Facebook


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
7 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)