PRáTICA CRISTã (655)'
     ||  Início  ->  
Artigo

O ''PRIMEIRO MANDAMENTO'' DA VIDA PAROQUIAL É A PROXIMIDADE COM AS PESSOAS

Falando para o conselho pastoral de uma igreja na periferia leste de Roma, o Papa Francisco enfatizou as situações difíceis que muitas pessoas estão vivendo e ofereceu conselhos aos líderes paroquiais de como realizar o seu trabalho.

 

O papel principal de uma paróquia católica é praticar a proximidade com seu povo, trabalhando para atender às suas necessidades e sempre mostrando o amor de Deus para todos, disse o Papa Francisco.

 

Durante o encontro com o conselho pastoral da Paróquia Santa Maria Mãe do Redentor, o Papa Francisco disse ao grupo que "nós anunciamos Jesus Cristo com gestos. Também com palavras, mas com gestos primeiro. Com proximidade". "Estejam perto das pessoas", exortou-os. "Não tenham medo da proximidade. Não tenham medo de fazer carinho: acariciem as pessoas, os doentes, os solitários, mesmo aqueles que merecem o título de 'miserável': acariciem como Deus nos acaricia".

 

"Para nos salvar, Deus se fez próximo de nós, fez-se um de nós: Jesus, e ele sofreu como nós!" disse o Papa Francisco. "Esse é o caminho: proximidade" (*).

 

Para o bem-estar, crescimento, solidariedade, caridade e espiritualidade paroquial tais atitudes são fundamentais do pároco como: acolhida, atendimento, visita, conselhos e ser educado e carinhoso (Tg, 3, 13.17). Duas coisas são essenciais para o extraordinário crescimento consistente da paróquia: o bom testemunho do pároco e saber homiliar de forma excelente.

 

Jamais o pároco deve ouvir esse ditado: “O brilho da ferradura de vossa reverendíssima me ofusca os olhos”- (Autor desconhecido). Ele deve ouvir sempre o pensamento do filósofo grego Platão: “Trate as pessoas com delicadeza porque a vida é tarefa difícil para todos”.

 

 

O MAIS IMPORTANTE

 

Em uma série de pesquisas internacionais, um hotel no sul da Alemanha obteve distinção como exemplo de respeito ao meio ambiente: reciclagem de lixo, economia no uso da energia, moderno e eficiente sistema de aquecimento e uso de substâncias naturais. Na recepção do hotel, há uma pequena porta com a seguinte inscrição: “O que consideramos mais importante? ”. A maioria das pessoas abre a porta por curiosidade, esperando encontrar as mais diversas coisas. Que surpresa! Quem abre a porta se depara com um espelho. A mensagem é clara: para o hotel o que é mais importante de fato são os clientes. Será que para paróquia as pessoas são importantes?

 

 

Pe. Inácio José do Vale

Irmãozinho da Visitação de Charles de Foucauld

Fraternidade Sacerdotal Jesus Cáritas

E-mail: pe.inacio.jose@gmail.com

 

(*)Fonte: Instituto Humanitas Unisinos – Notícias – Sexta-feira, 13 de março de 2015.


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)