APOLOGéTICA (903)'
     ||  Início  ->  
Artigo

A Igreja foi corrompida!

 

Uma vez estava em um culto evangélico e ouvi o pastor afirmar com convicção, bem alto, e três vezes: “a Igreja foi corrompida!!!”.

 

Quem já tentou dialogar com cristãos não católicos já deve ter observado como é comum apontarem os pecados alheios dos membros da Igreja Católica e Apostólica como argumento para justificarem a premissa essencial: a Igreja foi corrompida.

 

Mas, será que a Igreja que Jesus instituiu sobre os apóstolos e Pedro líder foi realmente corrompida? Poderia sê-lo?

 

Nenhuma igreja tem culpa dos judas.

Como Cristo não é culpado pela atitude de Judas.

 

Isso também levanta outra questão: por que há tantas "igrejas", se Cristo instituiu a dele?

 

Uma das premissas essenciais do protestantismo é afirmar que a Igreja Católica e APOSTÓLICA foi corrompida.

Sem esta premissa, o protestantismo não tem razão de ser.

 

MAS.....

 

Se a Igreja foi corrompida, é porque antes ela não era corrompida.

 

E se antes ela não era corrompida, então significa que era a Igreja de Cristo.

 

Uai... mas se era a Igreja de Cristo, não prometeu Jesus que as portas do inferno não prevaleceriam contra ela?

 

Deus não teria poder para manter Sua Igreja nos trilhos?

É evidente que só afirma que a Igreja foi corrompida quem não crê totalmente em Jesus.

 

E MAIS...

Se todos temos pecado, os membros das igrejas protestantes também.

Ora, então usando o mesmo raciocínio protestante usado para acusar a Igreja de Cristo de ter sido corrompida pelos seus membros pecadores, podemos inferir que TODAS as igrejas protestantes também foram e são corrompidas.

 

E agora?

Onde está a Igreja "santa e irrepreensível" que Paulo afirma?

Onde está a esposa de Cristo, que Paulo compara à Igreja?

Onde está a "casa de Deus, coluna e sustentáculo da verdade" como Paulo diz?

Onde está a Igreja que o próprio Cristo instituiu e a quem prometeu que as portas do inferno jamais prevaleceriam contra ela?

Não diz Paulo que Cristo é a cabeça de Sua Igreja?

"Igreja invisível" não tem cabimento, pois eu, você  e todos os crentes não somos invisíveis, ou somos?

Então, como sumiu??

 

Pois é.

Fica evidente que o protestante, na ânsia burra de combater uma fantasia monstruosa de Igreja Católica, acaba desprezando a lógica, a Bíblia e as promessas de Deus. Isso não é fé. É ceticismo.

 

Acaba agindo como um Dom Quixote combatendo moinhos de vento pensando serem Quimeras idólatras.

 

O que a própria Bíblia ensina e muitos não entendem é que a Igreja não é pecadora, mas "santa e irrepreensível" como diz Paulo, sendo Cristo sua cabeça! Seus membros é que são pecadores.

 

A Igreja que Jesus fundou e até chamou-a de "MINHA Igreja..." não é obra de homens.

É obra de Deus!

Por isso não pode ser corrompida ou destruída.

 

Quem nega a Igreja nega sua cabeça, que é Cristo!

 

Ah... e tem MAIS UM detalhe... se alguém quer falar dos judas da Igreja, então deveria falar dos santos e mártires que melhor representam essa Igreja, não dos que NÃO a representam.

 

É uma grande tolice medir a Igreja pela régua dos traidores.

 

Assim como a história da arquitetura remete às grandes obras, a do povo de Deus remete aos grandes santos, e não o contrário.

 

"Dois homens olharam pela mesma janela, um viu o céu e o outro viu a lama". Santo Agostinho.

 

Claudio Maria


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)