REVISTA PeR (1597)'
     ||  Início  ->  
Artigo

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 518 – agosto 2005

Homenagem a João Paulo II:

 

FALA O PROTESTANTISMO FRANCÊS

 

 

O Pastor Jean-Arnold de Clermont, Presidente da Federação Protestante da França, emitiu a seguinte Declaração:

O PAPA DE ASSIS

Mensagem da Federação Protestante da França

Antes do mais, dirigimo-nos a nossos irmãos e irmãs católicos da França, a seus Bispos, que tão freqüentemente encontraram João Paulo II e dialogaram com ele, para exprimir-lhes nossos sentimentos fraternos e nossa simpatia neste luto que os atinge tão profundamente, como toca também a nós, protestantes.

Mais de 25 anos de pontificado marcam uma Igreja e seus fiéis. Saibam que nos entregamos à oração mediante a qual, além de compartilhar a dor dos irmãos, expressamos nossa gratidão a Deus pelo servidor que Ele prestou à sua Igreja e ao mundo. No decorrer deste último quarto de século, que na Europa experimentou as transformações conhecidas; reconhecemos o lugar que o Papa João Paulo ocupou e a maneira como ele atuou em favor da justiça e da paz. De modo especial guardamos a recordação da firmeza da sua atitude contra a guerra no Iraque.

Viajante incansável, ele incessantemente remobilizou a Igreja Católica, especialmente os mais jovens dos seus fiéis, para que a Igreja pudesse afirmar sua posição num mundo fortemente secularizado. João Paulo II será "o Papa de Assis"; aquele que conseguiu reunir as religiões do mundo numa comum aspiração à paz.

Papa dos meios de comunicação, ele os utilizou ao extremo. Fez ouvir a voz da Igreja Católica no concerto das nações, provavelmente passando por cima de certa colegialidade à qual nós, protestantes, permanecemos fiéis.

Os seus gestos de reconciliação ou de comunhão com as igrejas irmãs, suas declarações e sua preocupação de não ocultar as dificuldades das relações ecumênicas locais e nacionais traduzem seu profundo anseio ecumênico.

Pastor Jean-Arnold de Clermont Presidente da Federação Protestante da França e Presidente da Conferência das Igrejas da Europa"

 

Este texto é de particular importância por provir de ambiente não católico.

 

Dom Estêvão Bettencourt


Pergunte e Responderemos
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
4 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)