||  Início  ->  Revista Pergunte e Responderemos

NÚMERO

-008 Março 1957 (11)
-007 Junho 1957 (8)
-006 Julho 1957 (12)
-005 Agosto 1957 (7)
-004 Setembro 1957 (9)
-003 Outubro 1957 (10)
-002 Novembro 1957 (15)
-001 Dezembro 1957 (12)
001 Janeiro 1958 (11)
002 Fevereiro 1958 (11)
003 Março 1958 (12)
004 Abril 1958 (11)
005 Maio 1958 (9)
006 Junho 1958 (10)
007 Julho 1958 (10)
008 Agosto 1958 (9)
009 Setembro 1958 (10)
010 Outubro 1958 (10)
011 Novembro 1958 (9)
012 Dezembro 1958 (12)
013 Janeiro 1959 (7)
014 Fevereiro 1959 (8)
015 Março 1959 (7)
016 Abril 1959 (7)
017 Maio 1959 (9)
018 Junho 1959 (7)
019 Julho 1959 (8)
020 Agosto 1959 (6)
021 Setembro 1959 (7)
022 Outubro 1959 (5)
023 Novembro 1959 (7)
024 Dezembro 1959 (6)
025 Janeiro 1960 (6)
026 Fevereiro 1960 (7)
027 Março 1960 (6)
028 Abril 1960 (9)
029 Maio 1960 (6)
030 Junho 1960 (9)
031 Julho 1960 (8)
032 Agosto 1960 (8)
033 Setembro 1960 (7)
034 Outubro 1960 (7)
035 Novembro 1960 (7)
036 Dezembro 1960 (7)
037 Janeiro 1961 (7)
038 Fevereiro 1961 (6)
039 Março 1961 (5)
040 Abril 1961 (6)
041 Maio 1961 (5)
042 Junho 1961 (5)
043 Julho 1961 (6)
044 Agosto 1961 (5)
045 Setembro 1961 (6)
046 Outubro 1961 (7)
047 Novembro 1961 (6)
048 Dezembro 1961 (5)
049 Janeiro 1962 (7)
050 Fevereiro 1962 (5)
051 Março 1962 (5)
052 Abril 1962 (6)
053 Maio 1962 (7)
054 Junho 1962 (5)
055 Julho 1962 (6)
056 Agosto 1962 (7)
057 Setembro 1962 (7)
058 Outubro 1962 (6)
059 Novembro 1962 (5)
060 Dezembro 1962 (8)
061 Janeiro 1963 (6)
062 Fevereiro 1963 (5)
063 Março 1963 (5)
064 Abril 1963 (5)
065 Maio 1963 (6)
066 Junho 1963 (5)
240 Dezembro 1979 (1)
344 Janeiro 1991 (8)
345 Fevereiro 1991 (8)
346 Março 1991 (9)
347 Abril 1991 (8)
348 Maio 1991 (6)
349 Junho 1991 (9)
350 Julho 1991 (5)
351 Agosto 1991 (8)
352 Setembro 1991 (7)
356 Janeiro 1992 (9)
360 Maio 1992 (1)
368 Janeiro 1993 (7)
369 Fevereiro 1993 (5)
370 Março 1993 (5)
371 Abril 1993 (6)
373 Junho 1993 (9)
374 Julho 1993 (8)
377 Outubro 1993 (11)
379 Dezembro 1993 (7)
380 Janeiro 1994 (7)
381 Fevereiro 1994 (7)
382 Março 1994 (7)
383 Abril 1994 (6)
385 Junho 1994 (6)
386 Julho 1994 (10)
387 Agosto 1994 (7)
388 Setembro 1994 (10)
389 Outubro 1994 (10)
390 Novembro 1994 (6)
391 Dezembro 1994 (8)
392 Janeiro 1995 (6)
393 Fevereiro 1995 (7)
395 Abril 1995 (10)
397 Junho 1995 (6)
398 Julho 1995 (10)
399 Agosto 1995 (7)
400 Setembro 1995 (8)
401 Outubro 1995 (11)
402 Novembro 1995 (8)
403 Dezembro 1995 (8)
449 Outubro 1999 (1)
457 Junho 2000 (8)
468 Maio 2001 (8)
491 Maio 2003 (14)
500 Fevereiro 2004 (9)
501 Março 2004 (8)
504 Junho 2004 (15)
505 Julho 2004 (7)
506 Agosto 2004 (15)
507 Setembro 2004 (7)
508 Outubro 2004 (12)
509 Novembro 2004 (12)
510 Dezembro 2004 (9)
513 Março 2005 (10)
516 Junho 2005 (12)
517 Julho 2005 (13)
518 Agosto 2005 (20)
519 Setembro 2005 (12)
520 Outubro 2005 (13)
521 Novembro 2005 (12)
522 Dezembro 2005 (12)
523 Janeiro 2006 (11)
524 Fevereiro 2006 (11)
525 Março 2006 (14)
526 Abril 2006 (12)
527 Maio 2006 (13)
528 Junho 2006 (15)
529 Julho 2006 (14)
530 Agosto 2006 (15)
531 Setembro 2006 (13)
532 Outubro 2006 (14)
537 Março 2007 (13)
539 Maio 2007 (14)
543 Setembro 2007 (18)
545 Novembro 2007 (12)
547 Janeiro 2008 (14)
548 Fevereiro 2008 (15)
549 Março 2008 (13)
551 Maio 2008 (14)
554 Agosto 2008 (15)
555 Setembro 2008 (13)
 
...CAPA*TÓPASSUNTOTÍTULO (hits/dia)AUTORHITS PDF
1 #REVISTA = 551 
cristão = 5 
absoluto = 3 
fome = 3 
alimento = 2 
esperança = 2 
realidade = 2 
preciso = 2 
ventura = 2 
antes = 2 
sede = 2 
PeRReflexões Esperava a cidade cujo arquiteto é Deus (0.84) Estêvão Bettencourt 1794
#1235 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, arquiteto, hebreus, terra prometida, Abraão]

Estas palavras, extraídas da epístola aos hebreus, referem-se ao Patriarca Abraão: residiu como estrangeiro na Terra Prometida, assim como Isaque e Jacó; "pois esperava a cidade que tem fundamentos; cujo arquiteto e construtor é o próprio Deus" (Hb 11,9-11).
2 #REVISTA = 551 
filme = 12 
pullman = 6 
signis = 6 
philip = 6 
philip pullman = 5 
igreja = 5 
livro = 4 
católicos = 4 
magistério = 4 
católica = 4 
PeRLivros A Bússola de Ouro (0.80) Estêvão Bettencourt 1706
#1236 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, ateísmo, anticatolicismo, anticristianismo, Philip Pullman, livros infantis]

Philip Pullman é escritor inglês que se coloca na linha de J.R.R. Tolken, C.S. Lewis, produzindo livros para crianças portadores de teses religiosas, com a diferença de que Philip é anticristão e os seus dois colegas são cristãos. A obra acima assinalada transmite uma critica camuflada à Igreja Católica de maneira que um bom leitor percebe a proposta anticatólica com nitidez.
3 #REVISTA = 551 
papa = 12 
verdade = 12 
universidade = 12 
cardeal = 7 
história = 7 
professores = 7 
razão = 7 
saber = 6 
homem = 6 
reitor = 6 
PeRNotícias Para renunciou a proferir conferência (0.68) Estêvão Bettencourt 1453
#1237 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, Papa Bento XVI, la sapienza, aula magna]

Convidado para proferira aula magna na Universidade "LA SAPIENZA" de Roma, o Papa Bento XVI renunciou a fazê-lo por causa de protestos de membros da comunidade universitária, mas enviou cópia do texto que ele havia de proferir, ao Reitor Prof. Renato Guarini.
4 #REVISTA = 551 
panfleto = 5 
lutero = 5 
teologia = 5 
católica = 5 
justificação = 5 
boas obras = 4 
acordo = 4 
obras = 4 
bíblia = 4 
documento = 4 
PeRProtestantismo Lutero, Pecador e Evangelista? (0.83) Estêvão Bettencourt 1783
#1238 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, Lutero, livre exame, Igreja, somente a bíblia, somente a fé, tradição oral]

Está sendo divulgado um panfleto intitulado como acima, pretensamente da autoria de uma Comissão Mista Católico-Luterana. Alguns trechos desse documento são difundidos num "Curso de Espiritualidade - Laranjeiras - Copacabana - Niterói", com a seguinte nota: "Em 1983, quando se comemoravam os 500 anos do nascimento de Lutero (1583), uma Comissão Mista Católico-Luterana publicou um Documento, do qual oferecemos alguns trechos"...
Ver comentários...
5 #REVISTA = 551 
partido = 8 
europa = 7 
artigo = 5 
liberdade = 5 
homem = 5 
ideologias = 5 
américa = 5 
valores = 4 
humano = 4 
jesus = 4 
PeRMundo Atual Ideologias anti-católicas concatenadas (0.78) Estêvão Bettencourt 1668
#1249 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, ideologias, ateísmo contemporâneo, secularismo, pós-modernismo]

Registra-se em nossos dias um concerto de ideologias opostas ao pensamento católico, que visam a erradicar, por etapas, o senso religioso do homem ocidental (da Europa e da América). Principalmente na área da família e de seus elementos constitutivos se desencadeia forte campanha contra os valores tradicionais, que pretende chegara total libertação pública dos impulsos sexuais. O artigo pretende chamara atenção do público para certos fatos exponenciais dessas ideologias.
6 #REVISTA = 551 
ranjith = 8 
mons = 8 
papa = 7 
mons ranjith = 6 
missa = 5 
motu proprio = 5 
motu = 5 
proprio = 5 
rito = 4 
deve = 4 
PeRLiturgia Danças, Músicas e Aplausos na Missa (2.06) Estêvão Bettencourt 4422
#1250 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, Missa, liturgia, música, dança, aplausos, novo ordo, rito tridentino, motu proprio]

O clero, em todos os níveis, deve obedecer ao Papa: é a parte central da mensagem do Mons. Albert Malcolm Ranjith Patabendige, Secretário da Congregação do Culto Divino e da Disciplina dos Sacramentos, entrevistado exclusivamente pelo site "Petrus".
7 #REVISTA = 551 
pecados = 11 
antepassados = 10 
deus = 8 
cura = 6 
pecados antepassados = 6 
gerações = 5 
pecado = 4 
iniquidade = 4 
indivíduo = 4 
cada = 4 
PeREscrituras A cura entre gerações (1.56) Estêvão Bettencourt 3331
#1253 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, cura, pecados, castigo, livre arbítrio, descendentes, punição, ancestrais]

A cura dita "entre gerações" não pode significar que uma geração tenha de prestar expiação pelos pecados dos antepassados pois cada um responde por si apenas. Pode-se entender tal cura do seguinte modo: todo pecado deixa suas consequências na sociedade em que tenha sido cometido: mau exemplo, ódio de uns para os outros, estímulo à vingança...
8 #REVISTA = 551 
vida = 6 
tens = 6 
outro lado = 5 
lado = 5 
outro = 5 
dado = 3 
pedem = 3 
resposta = 3 
natureza = 3 
dada = 2 
PeRReflexões Que haverá do outro lado? (0.63) Estêvão Bettencourt 1358
#1254 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, alma, corpo, morte, além, eternidade, Hades, salvação]

O poeta Ivan Junqueira publicou um livro intitulado "O outro lado", em que indaga: "O que haverá do outro lado, quando do corpo a tua alma se desgarrar e, arrebatada, romper o mármore dos lápides: A eternidade? Deus? O Hades? A salvação? Ou não há nada?", conclui o poeta, eivado de dúvidas, num tom pessimista. Ver O GLOBO 22/12/07, Prosa e Verso, p. 5.
9 #REVISTA = 551 
deus = 24 
santo = 8 
pedido = 7 
diabo = 7 
oração = 7 
veja = 7 
cururu = 7 
almas = 6 
vida = 5 
vontade = 5 
PeRApologética Orações todo-poderosas (2.84) Estêvão Bettencourt 6075
#1255 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, orações, superstição, exorcismo, feitiçaria, vudu, 13 almas, oração infalível]

Em síntese: Não há orações todo-poderosas, como por vezes se diz na linguagem popular. Desde toda a eternidade, Deus já decretou que Ele quer dar, e a sua vontade é imutável. Rezamos então não para o dobrar Deus, mas para colaborar com Ele, visto que, ao decretar dar-nos algo, Ele o fez incluindo a nossa oração: Ele quer dar, mas quer que o peçamos. Encontram-se por vezes nas Igrejas folhas de papel portadoras de orações "todo-poderosas", desde que a maneira de proceder ali indicada seja fielmente cumprida. Passamos a analisar essa temática.
10 #REVISTA = 551 
igreja = 18 
white = 11 
grande = 10 
cristo = 10 
jesus = 10 
história = 9 
deus = 9 
conflito = 8 
grande conflito = 8 
século = 7 
PeRApologética O Grande Conflito (2.07) Estêvão Bettencourt 4435
#1256 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, adventistas, adventismo, Ellen Gould, protestantismo, Constantino, reforma, Lutero, veneração, paganismo, sábado, domingo, cheol, William Miller, fim do mundo]

Os adventistas do sétimo dia têm por obra fundamental da sua fé religiosa a obra da Sra. Ellen Gould White intitulada "O Grande Conflito". Ataca a Igreja Católica e o Papa como agentes do demônio neste mundo e enfatiza a proximidade do retorno do Senhor Jesus para instaurar um reino de bonança. O livro se vale de falsas afirmações, preconceitos e das "visões" que a autora diz ter recebido do Senhor.
11 #REVISTA = 551 
gênero = 20 
mulher = 19 
sexo = 12 
ideologia = 10 
mulheres = 10 
homem = 8 
deve = 8 
família = 7 
classes = 7 
ideologia gênero = 6 
PeRMundo Atual Gênero, que é isso? (0.72)Pe. Luiz Carlos Lodi 1531
#1258 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, sexo, gênero, ideologia, homossexualismo, gay, homofobia, marxismo, Marx, Engels, feminismo, aborto]

A Conferência dos Bispos do Peru chama a atenção para o significado ambíguo que a palavra "gênero" tem tomado na linguagem de determinadas correntes de pensamento. Significaria não "sexo", mas justamente a ausência de sexo biológico: o homem e a mulher seriam tais por efeito não da genética natural, mas em virtude da sociedade que os educa. Assim estariam justificados o homossexualismo, o aborto e outros traços da ideologia feminista extremista de nossos dias.
12 #REVISTA = 551 
aborto = 36 
deus = 22 
vida = 17 
mortes = 9 
filho = 8 
doenças = 7 
bebê = 7 
mulheres = 7 
câncer = 6 
saúde = 6 
PeRAborto Aborto, não! (0.75) Estêvão Bettencourt 1609
#1259 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, aborto, testemunho, Michele Stepney]

Fatos e mentiras sobre o aborto.
13 #REVISTA = 551 
jesus = 21 
água = 15 
curado = 13 
havia = 10 
deus = 10 
cura = 10 
homem = 9 
pagão = 9 
deuses = 7 
santuário = 6 
PeREscrituras Cristianismo e Paganismo (1.03) Estêvão Bettencourt 2195
#1260 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, paganismo, cristianismo, piscina, Bethzatha, pecado, doença]

A autora estuda diversas passagens do Novo Testamento que referem o encontro do Cristianismo com o mundo pagão. Revela como o Cristianismo foi vencendo obstáculos, costumes e preconceitos que se lhe opunham. Leitura muito instrutiva, pois, além do mais, refere os procedimentos da medicina, do exorcismo, da magia no mundo greco-romano, abrindo assim os horizontes do leitor.
14 #REVISTA = 551 
igreja = 26 
comunidade = 10 
pastoral = 9 
alguns = 9 
pessoas = 8 
banco = 8 
vida = 8 
outros = 6 
equipe = 6 
havia = 6 
PeRLivros No último banco (0.70) Estêvão Bettencourt 1504
#1261 Maio 2008, 15 [551, maio 2008, Pe. Jerônimo Vasques, pastoral, CNBB, acolhida, fraternidade, Igreja]

O livro aborda um problema de Pastoral, que passa despercebido a muitos, mas merece real atenção: o acolhimento aos que timidamente vêm chegando à igreja e se sentam no último banco. É preciso saber compreendê-los e acolhê-los com solicitude. O autor do livro insiste nessa necessidade a fim de não decepcionar os irmãos carentes que, frustrados, não voltarão à igreja.